Cidades | Sem solução

Buracos e sinalização confusa em ponte atrapalham motoristas

Ponte Pai Inácio interliga a Rua General Arthur Carvalho, no Turu, à Travessa da Vitória, no Parque Vitória, e foi entregue em junho de 2016
09/05/2017 às 08h24
Buracos e sinalização confusa  em ponte atrapalham motoristasBuraco marca o início da Ponte Pai Inácio, inaugurada em junho de 2016; trecho não tem sinalização (Biné Morais / O ESTADO)

SÃO LUÍS - Inaugurada há menos de um ano, a Ponte Pai Inácio, em São Luís, tem problemas que comprometem a trafegabilidade da área. Entregue com a promessa de melhorar o fluxo de veículos que transitam entre os bairros Turu e Parque Vitória, a ponte tem sinalização confusa e buracos no seu entorno. Por causa da situação, os condutores que passam pelo trecho reclamam.

A Ponte Pai Inácio interliga a Rua General Arthur Carvalho, no Turu, à Travessa da Vitória, no Parque Vitória. Antes da sua construção, trafegar entre essas duas vias era praticamente impossível e os condutores precisavam fazer um trajeto bem mais longo. Entregue no dia 5 de junho de 2016, ela foi vista como a solução dos problemas de quem trafega pela área, mas não é isso o que está ocorrendo.

Há poucos metros da ponte, um buraco compromete o tráfego, obrigando os condutores a reduzir a velocidade, o que torna o trânsito mais lento em horários de pico. “Pior é para quem não tem o costume de passar por aqui e é surpreendido pelo buraco ainda mais sabendo que esta obra foi entregue há pouco tempo”, diz o motorista Pedro Sampaio.

Confusa
Mas este não é o único motivo de reclamação dos motoristas. Eles afirmam ainda que a sinalização é confusa e quem precisa cruzar as vias do entorno da ponte não sabe se é mão ou contramão. “A gente fica bem confuso. Não sabe se pode entrar, para que lado ir. Acho que poderiam sinalizar melhor essas avenidas, para evitar confusão”, comenta o condutor Igor Alexandre Silva.

A Ponte Pai Inácio foi construída como uma das obras integrantes do programa Interbairros, parceria do Governo do Maranhão e Prefeitura de São Luís para criação de vias que interligam os bairros e criam alternativas de trânsito.

O trecho é parte do projeto que pretende interligar a Estrada da Maioba à Avenida dos Holandeses. Para a construção dela, além da estrutura de concreto armado, houve pavimentação de vias no entorno, sinalização horizontal e vertical, além de drenagem e obras complementares. Investimento de R$ 1, 680 milhão do tesouro estadual. A ponte atende aos bairros mais Cohab, Cohatrac, Maiobão, Divinéia, Turu e Parque Vitória.

O Estado entrou em contato com a Prefeitura de São Luís e Governo do Estado para saber que medidas serão tomadas em relação aos problemas. A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) informou que encaminhará equipe técnica ao local para avaliar as condições da Ponte Pai Inácio, para que sejam tomadas as medidas necessárias.

A Semosp comunicou ainda que está realizando serviços de recuperação asfáltica nas vias localizadas no entorno da ponte.Já a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) informou que enviará equipe ao local para fazer uma avaliação e resolver problemas citados na reportagem.l

Número
12
metros é a extensão da Ponte Pai Inácio

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte