Nas BRs

Nas BRs, julho deste ano teve 20% mais mortes em comparação a 2015

Foram 25 mortes violentas, 12 delas em apenas dois acidentes graves ocorridos no Campo de Perizes, trecho mais perigoso da BR-135, e na BR-316, com oito e quatro óbitos, respectivamente

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h46
Veículo no qual oito ocupantes perderam a vida em acidente  na BR-135
Veículo no qual oito ocupantes perderam a vida em acidente na BR-135 (Acidentes)

SÃO LUÍS - O mês de julho de 2016 registrou aumento de 20% no número de mortes nas sete rodovias federais que cortam o Maranhão, em comparação com o mesmo período de 2015. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que divulgou o balanço da Operação Férias, realizada de 1º a 31 de julho. Em julho de 2015, foram 20 mortes. Este ano, 25. Em apenas dois acidentes, ocorridos dias 3 e 31 deste mês, foram registrados 12 óbitos nas BRs 135 e 316.

As informações divulgadas pelas PRF são relativas a acidentes, fiscalização e combate à criminalidade nas rodovias federais que cortam o estado do Maranhão durante o período de férias de julho. Os números de acidentes e feridos mostram queda de ocorrências e vítimas lesionadas. Houve redução de 14% no número de acidentes e de 10% no total de feridos em relação ao mesmo período do ano anterior.

No período de férias deste ano, foram 119 acidentes; em 2015, 138 ocorrências. Já o número de feridos diminuiu: de 111 para 101. A quantidade de óbitos, por outro lado, subiu de 20 para 25, em decorrência de dois graves acidentes, que tiraram a vida de 12 pessoas

Acidentes graves
Ainda segundo a PRF, a BR-135 é a rodovia federal que vem registrando o maior número de acidentes no estado do Maranhão nos últimos anos. Logo no início de julho, uma colisão frontal entre um veículo de passeio e um caminhão, no dia 3, no Campo de Perizes, pouco depois da saída da capital maranhense, resultou em oito óbitos, incluindo duas crianças.

De acordo com a PRF, um veículo Corsa Classic seria utilizado comercialmente para o transporte de passageiros e seguia no sentido interior­capital quando foi atingido violentamente por um caminhão, de placas AUH­-4634, do Rio de Janeiro, e que tinha uma carga de lixo. A PRF não confirmou, no entanto, de acordo com o informado por testemunhas, que o caminhão (que seguia no sentido contrário ao do Corsa Classic) invadiu a outra pista, atingindo o automóvel. Entre as vítimas, estavam o motorista (identificado apenas como Josenildo e conhecido como Carequinha), a esposa dele e a filha do casal, de apenas seis anos de idade.

Outro acidente grave aconteceu no último dia do mês de julho e foi registrado na BR-316, Km-495, em um trecho entre as cidades de Codó e Caxias. O acidente envolveu um caminhão Mercedes-Benz, de placas NMQ 6158, que colidiu frontalmente com um Corsa Classic prata, de placas DKW 6943. As vítimas do acidente fatal foram identificadas como Isaura Pereira da Silva Martins, de 79 anos; Carlos Sousa, 48 anos; Antônio Alves Martins, 52 anos e Maria da Conceição Alves Pinto, 46 anos.

BR-135
A BR-135 é a rodovia federal com maior quantitativo de equipamentos de controle de velocidade e volume de tráfego no Maranhão. De acordo com dados do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), referentes a 2015, em média 11 mil veículos trafegam na via por mês. Os dados de tráfego, divulgados pelo Dnit, foram obtidos por meio de 228 equipamentos/postos instalados nas rodovias federais administradas pelo órgão e integram o Plano Nacional de Contagem de Tráfego (PNCT). No caso do Maranhão, o equipamento está instalado no Km-74, na altura do município de Santa Rita.
De acordo com o monitoramento, a BR-135 registrou, no mês de julho de 2015, um volume médio diário mensal de 11.467 veículos, sendo 890 caminhões de dois eixos, 814 caminhões de três eixos, 6.775 carros de passeio e 770 motos. Os dados são referentes apenas ao período de janeiro a julho do ano passado. ­

SAIBA MAIS

O Maranhão é cortado por seis rodovias federais, as BRs 010, 135, 222, 226, 230 e 316.

Comparativo de acidentes férias de julho

2016 2015

Acidentes 119 / 138

Pessoas ilesas 297 / 504

Pessoas feridas 101 / 111

Pessoas mortas 25 / 20

Fiscalização no período

Veículos fiscalizados - 16.298

Pessoas fiscalizadas - 19.935

Educação para o Trânsito (pessoas sensibilizadas) - 1.111

Alcoolemia (testes realizados) - 2.065

Autos de infração (multas aplicadas) - 7.438

Alcoolemia (multas aplicadas) - 40

Condutor ou passageiro sem cinto (multas aplicadas) - 280

Ultrapassagem (multas aplicadas) - 736

Criança sem a cadeirinha (multas aplicadas) - 47

Pessoas detidas - 39

Alcoolemia (pessoas detidas) - 13

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.