Cidades | Por tempo indeterminado

Professores da rede municipal dão início a greve a partir de hoje

Categoria reivindica reajuste salarial de 11,36% e reforma das unidades de ensino; na manhã de hoje professores farão um ato público, no Palácio de La Ravardière, no Centro, sede da Prefeitura de São Luís; 85 mil estudantes ficarão sem aula
25/05/2016

Os professores da rede municipal de São Luís iniciam hoje uma paralisação que segue por tempo indeterminado. Essa é a segunda vez que a categoria paralisa as atividades na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). A primeira aconteceu em 2014, quando eles mantiveram-se em greve por mais de 100 dias. Com a greve, 85 mil alunos ficarão sem aula em São Luís.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte