Cidades | Problemas

Descaso com infraestrutura é motivo de reclamações em São José de Ribamar e SL

Moradores dos dois municípios reclamam de buraqueira, que se intensificou no período chuvoso
O Estadoma.com16/05/2016 às 11h05
Rua Estrada da Vitória, em São José de Ribamar, está quase intrafegável

Moradores de São Luís e São José de Ribamar têm utilizado o WhatsApp de O Estadoma.com para reclamar de problemas na infraestrutura viária em vários bairros dos dois municípios. Todos os dias, muitos leitores enviam fotos e vídeos mostrando a situação precária de ruas dos bairros onde moram. Em São José de Ribamar, por exemplo, a moradora Dayse Cristina registrou os problemas na Rua Estrada da Vitória, no Bairro Parque Vitória. "Aqui nessa rua se formou um lago, por causa da buraqueira, e já colocaram até o nome de Pesque e Pague Gil Cutrim (prefeito do município)", destaca.

Moradores colocaram um boneco ironizando prefeito Gil Cutrim por problemas em via, em Ribamar

A Rua São José, no Jardim Tropical 1, localizada no mesmo município, também é alvo da reclamação de moradores. Sem pavimentação, a via acumula entulho e prejudica o tráfego na área.

Moradores tentam limpar rua no Jardim Tropical 1, em Ribamar

Em São Luís, a situação não é diferente. A Avenida Atencio Queiroga, no Parque Timbiras, também acumula problemas, segundo o registro de quem passa todos os dias pela área. "Em toda época de chuvas, a rua fica um caos", afirma um leitor que não se identificou. Na Avenida 2 do Jardim São Cristóvão I, o problema se repete, segundo o relato da leitora que se identificou apenas como Klercilene. "Daqui a uns dias, não vou poder entrar em casa com meu carro. É uma dificuldade entrar em casa sem cair no buraco", conta.

Rua esburacada no Parque Timbiras
Rua no Jardim São Cristóvão I

Veja mais informações, fotos e vídeos sobre a situação no Parque Vitória na edição de amanhã do Jornal O ESTADO

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte