Perigo

Mais de 500 postes foram derrubados em acidentes

Dados são de 2015 e dizem respeito a Ilha; em todo o Maranhão, foram 2.385 quedas de hastes causadas por colisões de veículos

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h52

A quantidade de acidentes de trânsito com quebra de postes de iluminação pública registrados na Região Metropolitana São Luís ao longo de todo o ano de 2015 chegou a 538 e superou o total de ocorrências registradas em 2014, que foi de 476. Em todo o Maranhão, nesse mesmo intervalo de tempo, houve 2.385 registros. Os dados são da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), que tem intensificado ações educativas para coibir esse tipo de acidente.

O ano de 2016 está apenas no seu sexto dia, mas acidentes do tipo já foram registrados na Região Metropolitana de São Luís. Segundo a assessoria de comunicação da Cemar, dois acidentes com quebra de postes em vias públicas foram registrados na manhã do primeiro dia do ano. Um deles aconteceu no cruzamento das avenidas Daniel de La Touche e Mário Andreazza, onde o condutor de um veículo derrubou dois postes da rede de distribuição, ocasionando a falta de energia elétrica na região.

O outro aconteceu na estrada da Maioba, no sentido Rapo­sa/Araçagi, e foi provocado por um veículo modelo Celta. Após os acidentes, equipes de plantão da Cemar isolaram as áreas dos acidentes, transferiram as cargas (passaram a levar energia elétrica para os bairros mais distantes por meio de outras redes de distribuição) e trocaram os postes danificados. A energia elé­trica também já foi restabelecida nas áreas dos acidentes.

Sem substituição
Mas em outras localidades da cidade os postes danificados ainda não foram substituídos. É o caso do Monte Castelo, onde um pos­te da rede de distribuição localizado na praça do antigo cinema do bairro quase foi arrancado após um acidente. “Esse poste está assim há dias. A gente fica até com medo de ele cair e causar algum aincidente grave”, disse Eliziê Araújo Silva, que mantém uma banca no local.

A Cemar informou que, segundo as autoridades de trânsito, esse tipo de acidente normalmente acontece pelo excesso de velocidade, estado de embria­guez, sonolência do condutor ou falha mecânica. Na região metropolitana, o número de aciden­tes com colisões contra postes aumentou 13% em 2015 em com­paração a 2014, passando de 476 para 538. Já no Maranhão, houve uma pequena diminuição, 3%.

A companhia informou que tem intensificado ações educativas em diversas instituições e comunidades, sobre os acidentes em vias públicas com quebra de postes.
A Cemar informou ainda que é muito importante que os condutores de veículos redobrem a atenção, principalmente no período chuvoso.

Nos pontos com os maiores registros de ocorrências, a companhia instalou defensas, que são elementos de concreto colocados na frente dos postes. Atual­mente, essas defensas são feitas com manilhas recheadas de areia, cujo objetivo é amortecer o impacto da colisão dos veículos em acidentes.

NÚMEROS
São Luís

538 acidentes com colisão contra postes em 2015
476 acidentes com colisão contra postes em 2014
Maranhão
2.385 acidentes
com colisão contra postes em 2015
2.461 acidentes com colisão contra postes em 2014

ORIENTAÇÕES
A Cemar orienta as pessoas a não se aproximarem de fios e cabos partidos ou caídos e a não tocar em pessoas ou objetos que estejam em contato com a rede elétrica. Em caso de ocorrências dessa natureza, a companhia orienta a população a entrar em contato com os canais de atendimento - Central 116, Chat de atendimento no site www.cemar116.com.br ou pelo aplicativo para smartphones android e IOS - e informe o local com ponto de referência. A Cemar informou ainda que dispõe de equipes de plantão, que trabalham 24 horas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.