Alerta

Pipas enroscadas em fio elétrico são risco à vida

Só neste ano, houve 534 ocorrências do tipo na Grande Ilha, segundo a Cemar
09/07/2015
Pipas enroscadas em fios da rede elétrica é cena comum em bairros e podem provocar até mortes (Pipa em fio elétrico)

De janeiro a junho deste ano, 534 ocorrências envolvendo pipas enroscadas nos fios da rede elétrica foram registradas na Grande Ilha (São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar), segundo a Companhia Energética do Maranhão (Cemar). No mesmo período do ano passado, o número de ocorrências do tipo foi 487. Em todo o Maranhão foram registradas 1.048 ocorrências durante o primeiro semestre deste ano, o que representa um aumento de 14% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram registradas 916 ocorrências no estado.

Ao deixar uma pipa enroscar na fiação, tanto crianças quanto os demais moradores do bairro podem ser afetados por problemas que eventualmente venham a acontecer em consequência do incidente. Segundo a Cemar, os riscos são inúmeros, principalmente se a pessoa tentar retirar a pipa da fiação. Esse tipo ocorrência ainda preocupa a companhia, que durante palestras em escolas e nas comunidades vem alertando pais e alunos sobre os cuidados com a rede elétrica.

"A brincadeira de soltar pipa oferece vários riscos para a criança. Além de se acidentarem, correm o risco de sofrer algum atropelamento ao correrem atrás da pipa. Se a criança perceber que pode pegar aquela pipa, ela não vai medir esforços para subir em uma árvore, de uma casa ou um muro, para recuperá-la e isso é extremamente perigoso”, alertou Marco Túllio, técnico de segurança da Cemar.

Cuidados –Periodicamente a companhia tem feito manutenção na rede elétrica, inclusive fazendo a limpeza dos cabos de energia. A orientação é que, caso as pipas fiquem enganchadas na fiação, a população não deve tentar fazer a limpeza para retirar a armação, pois pode provocar um curto-circuito e fazer o cabo se romper. “A gente orienta que essas brincadeiras sejam feitas em locais que não tenham rede elétrica próxima, em um campo aberto longe da fiação elétrica," ressaltou o técnico de segurança da Cemar.

Além disso, com as crianças em casa durante o período de férias, é preciso ficar atento e tomar cuidado com algumas atitudes, principalmente em abrir a geladeira ou mexer em qualquer equipamento elétrico sem estar devidamente calçado. “É preciso ter cuidado, porque o adulto é o exemplo da criança", reforçou Marcos Túllio.

“A gente orienta que essas brincadeiras sejam feitas em locais que não tenham rede elétrica próxima, em um campo aberto longe da fiação elétrica," Marco Túllio, técnico de segurança da Cemar

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte