Tentativa de roubo

Pacientes dialíticos são baleados durante confronto policial no MA

Pacientes estavam em uma van e foram feitos reféns durante a fuga de criminosos que tentaram explodir o cofre da agência do Bradesco da cidade de Sítio Novo; quatro criminosos morreram.

Imirante.com

- Atualizada em 05/05/2023 às 17h11
Informações preliminares dão conta que, ao menos, sete pessoas foram baleadas durante o confronto.
Informações preliminares dão conta que, ao menos, sete pessoas foram baleadas durante o confronto. (Foto: Reprodução)

SÍTIO NOVO - Quatro criminosos armados com fuzis tentaram explodir o cofre da agência do Bradesco do município de Sítio Novo, a 645 km de São Luís, na madrugada desta quinta-feira (4). Na fuga, os bandidos fizeram reféns pacientes dialíticos que estavam em uma van. Os pacientes foram baleados durante confronto entre os policiais e os assaltantes.

A Polícia Militar (PM) foi acionada após câmeras de videomonitoramento da agência registrarem toda a ação dos criminosos. Mesmo após a explosão, os bandidos não conseguiram retirar e roubar o dinheiro do cofre do banco.

Na fuga, os criminosos fizeram reféns pacientes que eram transportados em uma van para realizarem procedimento de hemodiálise. Durante o confronto policial, alguns ocupantes da van foram baleados, eles foram socorridos e encaminhados para hospitais de São João do Paraíso e de Porto Franco.

Informações preliminares dão conta que, ao menos, sete pessoas foram baleadas durante o confronto. Na troca de tiros, um piloto do Centro Tático Aéreo (CTA) foi baleado, mas, mesmo ferido, conseguiu pilotar o helicóptero.

De acordo com informações do comandante de área de interior, o tenente-coronel Santana, do CPAI-III, quatro criminosos envolvidos na ação foram baleados e mortos. Outros três integrantes do grupo estão sendo procurados pela polícia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.