(Divulgação)

COLUNA

Curtas e Grossas
José Ewerton Neto é poeta, escritor e membro da Academia Maranhense de letras.
Curtas e Grossas

O produto Deus

Vivem dizendo que ele não existe mais, porém, não cessam de ganhar dinheiro às suas custas.

José Ewerton Neto

 
 

Deus sempre foi um produto muito vendável. Vivem dizendo que ele não existe mais, porém, não cessam de ganhar dinheiro às suas custas. Nada como avaliá-lo melhor à luz de tudo o que se sabe dele, e que ainda é muito pouco. 

1.Oproduto em si.

Em uso e abuso desde que o mundo surgiu – ou até antes disso – Deus é um remédio de ação comprovada e duradoura. Embora de constituição desconhecida, Deus tem uma vantagem: é imperecível. Uma prova disso é que, ao longo de sua vida eterna, conseguiu resistir aos inimigos e, principalmente, aos amigos: Judas, que o traiu, religiosos que negociam em seu nome e tantos que se dizem seus emissários especiais. 

2.Composição Química.

Mesmo sem comprovação científica ninguém pode negar que Deus, em essência, é feito de substância divina, sendo, portanto, um produto natural e único. Muitos ateus ou incrédulos, tentam desqualifica-lo dizendo que foi inventado pelo homem, mas nas horas difíceis, são os primeiros a recorrerem ao produto. Enfim, se Deus é um produto completamente esquecido nas horas alegres, é o mais procurado nas horas amargas. 

3.Precauções contra imitações. 

Deus, ao longo dos séculos foi o remédio mais pirateado do Universo, contando-se aos milhares as imitações que proliferam por aí. Desde Zeus dos gregos, passando por Tupã, dos indígenas, até humanos que agiram e agem como todo-poderosos tais como Hitler, Hugo Chávez e aiatolás pra lá e pra cá. 

A pirataria continua em escala universal e as autoridades policiais nada fazem para coibir isso certamente porque nos palacetes governamentais proliferem aqueles que se consideram Deuses. É um Deus nos acuda!

4.Prazo de validade.

Deus, além da vantagem de poder ser adquirido sem custo pelo pensamento, pode ser usado infinitamente, enquanto sua vida durar, ou até mesmo depois dela, sendo, essa, aliás, sua única esperança de que isso possa vir a acontecer. 

5. Posologia.

A sua ingestão é muito fácil, não havendo limites de dosagem. Ao contrário de tantos produtos com local e hora para serem consumidos Deus pode ser consumido até durante o sono, através do sonho. Ao invés de água, de preferência deve ser consumido com um pouco de fé. Mas na falta disso até esperança serve. 

6.Contraindicações

Deus está contraindicado para aplicações de natureza escusa ou duvidosa. O que se sabe é que, nestes casos, os efeitos nocivos não são imediatos dando a impressão de que vão demorar a acontecer mas, no popular, essa hora vai chegar, ou , em outras palavras : a Justiça de Deus tarda, mas não falha

As opiniões, crenças e posicionamentos expostos em artigos e/ou textos de opinião não representam a posição do Imirante.com. A responsabilidade pelas publicações destes restringe-se aos respectivos autores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.