Crime de extorsão

Três policiais suspeitos de extorsão são conduzidos ao quartel do Comando Geral da PM em São Luís

A Secretaria de Segurança Pública disse que não compactua com nenhum tipo de desvio de conduta e apura o caso.

Imirante.com

- Atualizada em 23/11/2023 às 10h34
Policiais foram presos suspeitos de extorsão. (Foto: Reprodução/Imagem ilustrativa)
Policiais foram presos suspeitos de extorsão. (Foto: Reprodução/Imagem ilustrativa)

SÃO LUÍS – Três policiais do “velado” do Maranhão foram presos, na noite dessa quarta-feira (22), suspeitos de extorsão, na região da Cidade Operária, em São Luís.

Segundo informações, os policiais estavam à paisana quando foram surpreendidos por uma guarnição da Polícia Militar do Maranhão (PMMA). O trio teria exigido a quantia de R$ 200 mil para liberar um suspeito de tráfico de drogas que havia sido pego em flagrante.

A mulher do suspeito de tráfico acabou comunicando o fato à polícia, que foi ao local e efetuou as prisões.

Uma guarnição foi acionada, e os três policiais à paisana acabaram presos e encaminhados ao presídio do quartel do Comando Geral da PM, no Calhau. O suspeito de tráfico também foi preso, pois com ele havia um quilo de crack.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA) apura o caso e disse que não compactua com este tipo de conduta. Leia a nota na íntegra:

"A Secretaria de Segurança Pública esclarece que não compactua com nenhum tipo de desvio de conduta dos agentes das forças de segurança pública e que já determinou rigorosa apuração dos fatos no âmbito das policiais Civil e Militar.

Esclarece que na noite de ontem (22) ainda os três policiais foram autuados em flagrante delito pelo crime de extorsão, encontram-se detidos e após cumprimento dos trâmites formais serão recolhidos ao presídio do quartel do Comando Geral da PM, no Calhau, onde permanecerão à disposição da Justiça. 

Por fim, a Secretaria de Segurança Pública repudia veementemente a postura dos policiais afirmando tratar-se de comportamentos isolados na corporação e que não condizem com o trabalho sério da Polícia Militar do Maranhão, instituição que tem cerca de dois séculos de bons serviços prestados à população do estado".

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.