Fenômeno

Saiba onde assistir ao eclipse solar deste sábado (14); pontos serão montados em São Luís e Balsas

No Maranhão, o início do eclipse está previsto para acontecer a partir das 15h08.

Imirante.com

- Atualizada em 13/10/2023 às 15h01
Eclipse solar ocorre neste sábado.
Eclipse solar ocorre neste sábado. (Foto: Divulgação/Nasa)

SÃO LUÍS - O Maranhão é um dos estados brasileiros onde será possível visualizar por completo o eclipse solar que ocorre neste sábado (14). Na capital, São Luís, e em Balsas serão montados pontos de observação gratuitos para que a população consiga observar o fenômeno.

Pontos de observação

Em São Luís, o ponto de observação será montado na Praça Maria Aragão, na tarde de sábado a partir das 14h.

Durante o evento, serão disponibilizados óculos especiais para o público, que filtram a barreira física entre os raios do sol e não causam danos à visão. Além disso, telescópios também serão montados no local, para facilitar a observação do fenômeno raro.

Já em Balsas, cidade no sul do Maranhão, haverá um ponto de observação do fenômeno montado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). No município, a lua vai diminuir bastante a visibilidade do sol, entretanto, ainda sim é necessário o uso dos óculos especiais que serão distribuídos para a população.

A UFMA também fará a transmissão ao vivo, pelas redes sociais, do eclipse solar. Para assistir, basta acessar o Instagram do projeto Ilha da Ciência.

O fenômeno

O eclipse solar acontece quando a Lua se alinha entre a Terra e o Sol. Devido ao tamanho da Lua, ela não cobre totalmente a superfície do sol e com isso, aparece uma sombra, que produz o "anel de fogo", que dá forma ao fenômeno.

No Maranhão, o início do eclipse está previsto para acontecer a partir das 15h08. Em São Luís, o fenômeno poderá ser visto no céu por volta das 16h37 e seu ponto máximo terá cerca de cinco minutos.

Estados do Norte e Nordeste serão privilegiados e desta vez, poderão acompanhar de forma completa o fenômeno. Segundo Antônio José Silva Oliveira, coordenador do planetário da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), a próxima vez que o Maranhão deverá ser contemplado com um eclipse dessa magnitude será em 2048.

"É um fenômeno raro, quem perder o de amanhã, só vai conseguir ver um fenômeno raro, nesse patamar, aqui na região do Maranhão, somente em 2048", disse o professor.

Cuidados com os olhos

Alguns cuidados são importantes para assistir ao eclipse. Segundo o professor Antônio José Silva Oliveira, coordenador do planetário da UFMA, para observar o fenômeno não é recomendado o uso de óculos de sol comuns, usar o reflexo da água ou o espelho, isso porque o excesso de exposição a luz pode causar danos aos olhos.

"O sol em si é uma estrela gigantesca, a quantidade de luz que chega nos nossos olhos é intensa. Nós temos fotos sensores nos nossos olhos e isso pode queimar. Não acredite, por exemplo, em vidros esfumaçados, chapa de raio X, óculos de sol ou, até mesmo, a reflexão na água ou espelho", explica o professor.

A melhor maneira de assistir é por meio óculos especiais que são produzidos com um filtro que controla a luz do sol.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.