‘Fiquei desesperado’

Pescador que pulou de barco para se salvar de naufrágio diz que motor falhou

Apesar do susto, o pescador Arley Júnior não se feriu. Incidente aconteceu nessa segunda, na região do rio Bacanga.

Imirante.cm, com informações da TV Mirante

- Atualizada em 29/08/2023 às 23h16
Pescador Arley Júnior. Foto: Reprodução / TV Mirante
Pescador Arley Júnior. Foto: Reprodução / TV Mirante

SÃO LUÍS - Uma embarcação naufragou, na tarde dessa segunda-feira (28), na região do Itaqui-Bacanga, em São Luís. O pescador Arley Júnior, que pulou de uma embarcação para se salvar de naufrágio, disse que o acidente foi causado por uma falha no motor do veículo.

Leia também:

VÍDEO: embarcação naufraga no rio Bacanga após falha no motor, em São Luís

À TV Mirante, Arley relatou os momentos de desespero que passou na tarde de segunda (28). Antes de o barco ser puxado pela correnteza em direção à comporta, ele ainda tentou se salvar jogando uma corda para um homem que estava na lateral da barragem, mas ela não conseguiu alcançá-lo.

Desesperado, ele pulou da embarcação e nadou até a margem. Em seguida, o barco colidiu com a barragem e afundou no rio. Apesar do susto, o pescador não se feriu.

“O motor falhou e não pegou mais. Tentei jogar a corda para o pessoal que estava na beira [do rio]. Mas a corda não deu para alcançar a mão do rapaz. Eu só escutava a ‘negada’ dizendo para eu pular. Fiquei desesperado mesmo, aí eu vi que não tinha jeito. O jeito foi pular dentro da água e abandonar ela [a embarcação]”, disse Arley.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), um relatório sobre o caso será enviado para a Capitania dos Portos.

“Nós vamos enviar as informações e coletar os depoimentos que a gente conseguiu juntar, para que seja composto no inquérito”, afirmou o tenente-coronel José Lisboa.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.