Estragos

Erosão causa destruição na região do Palácio dos Leões, no Centro Histórico de São Luís

Grande estrago na região turística foi registrado na madrugada desta quarta-feira (22).

Imirante, com informações da TV Mirante

- Atualizada em 22/03/2023 às 08h44
Destruição na área do Palácio dos Leões. (Foto: Nice Ribeiro/TV Mirante)
Destruição na área do Palácio dos Leões. (Foto: Nice Ribeiro/TV Mirante)

SÃO LUÍS - Uma erosão destruiu a área em frente à Capitania dos Portos, na região da rampa de acesso aos palácios dos Leões e La Ravardière, na avenida Dom Pedro II, no Centro Histórico. O grande estrago na região turística foi registrado na madrugada desta quarta-feira (22), durante as chuvas intensas na capital.

Não houve feridos, segundo informações do Corpo de Bombeiros. Parte da mureta que cerca a área superior veio abaixo com toda a estrutura. Equipe dos bombeiros e da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) estão no local.

Uma equipe da Defesa Civil Estadual vai avaliar a área para definir se haverá interdição total ou parcial. Infiltrações por causa da chuva podem ter levado à erosão, de acordo com análise inicial dos especialistas. 

 A Prefeitura de São Luís informou que “equipes da Defesa Civil do Município e equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) estão indo para o local, avaliar o ocorrido e tomar as medidas necessárias”.

Incidente foi registrado nesta madrugada. (Foto: Reprodução/Redes sociais)
Incidente foi registrado nesta madrugada. (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Em rede social, o governador do Maranhão, Carlos Brandão, fez uma publicação relatando sobre o ocorrido. “As equipes do Comitê Gestor de Prevenção e Assistência às Vítimas das Chuvas já estão agindo para evitar maiores transtornos na praça Dom Pedro II, local de grande movimentação. Já acionamos todos que podem contribuir para restaurar o muro que desabou devido às chuvas intensas”, escreveu.

Leia mais:

Maranhão segue em alerta laranja, e chuva deixa trechos alagados em São Luís

Sobe para 33 o número de cidades maranhenses em situação de emergência

A área é bastante movimentada e visitada por turistas. Lá está situada a sede do governo do Maranhão, o Palácio dos Leões, e também a sede da prefeitura de São Luís, o Palácio La Ravardière.

Aviso de chuvas intensas

Ainda nessa terça (21), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) havia lançado um alerta laranja para todo o Estado do Maranhão. O aviso de chuvas intensas já previa uma média entre 30 e 60 mm/h, além de ventos intensos (60-100 km/h). O alerta laranja vale até às 10h desta quarta.

Inmet emitiu nessa terça alerta de chuvas laranja para o Maranhão. (Arte: Reprodução/Inmet)
Inmet emitiu nessa terça alerta de chuvas laranja para o Maranhão. (Arte: Reprodução/Inmet)

Instruções:

  • Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda)
  • Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.