Aperfeiçoamento

Monitores são preparados para desenvolver atividades nas escolas de referência cívica

A ACOE realizou o curso de monitores e foram ministrados diversos conteúdos como comunicação interpessoal, gestão de conflitos, disciplina e hierarquia..

Divulgação

- Atualizada em 19/01/2023 às 15h00
O presidente da ACOE, sargento da Polícia Militar do Maranhão Paulo Ferreira, informou que o curso de formação de monitor possibilita ao cidadão a desenvolver tarefas nas escolas de referência cívica.
O presidente da ACOE, sargento da Polícia Militar do Maranhão Paulo Ferreira, informou que o curso de formação de monitor possibilita ao cidadão a desenvolver tarefas nas escolas de referência cívica. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Mais de 50 pessoas participaram do curso de monitor, que foi realizado pela Associação Centro de Operações Especiais (ACOE), no bairro do Barreto, em São Luís e, na sexta-feira (20), vão se formar durante evento previsto para ocorrer no auditório da Secretaria de Segurança Pública (SSP), na Vila Palmeira.

O presidente da ACOE, sargento da Polícia Militar do Maranhão Paulo Ferreira, informou que o curso de formação de monitor possibilita ao cidadão a desenvolver tarefas nas escolas de referência cívica. “O curso de monitor teve duração de dois meses, ministrado pela equipe da ACOE e de forma gratuita”, frisou Paulo Ferreira.

Ele ainda declarou que foram ministrados vários conteúdos no decorrer do curso como comunicação interpessoal, gestão de conflitos, assertividade e diferenças individuais, disciplina e hierarquia, noções de trânsito, primeiros socorros e dentre outros.

Paulo Ferreira disse que há pessoas, que fizeram o curso na ACOE, e, no momento, já estão exercendo a função de monitor nas escolas de referência cívica, no interior do Maranhão. “Há ex-alunos da ACOE que estão trabalhando nas escolas da Baixada Maranhense, pois, isto é muito gratificante para a nossa associação”, afirmou.

Um dos instrutores do curso, psicólogo Raffael Rocha, declarou que todos os instrutores do curso são voluntários da ACOE “O nosso objetivo é forma multiplicadores, principalmente, no tocante da área educacional. É somente por meio da educação que conseguimos a realizar os nossos sonhos”, disse Raffael Rocha.

Trabalho social

ACOE desenvolver atividades para a comunidade e, recentemente, realizou o curso de formação de monitor de forma gratuita. Na sede da associação funciona uma creche e mais de oitenta crianças são beneficiadas como ainda há uma brigada que atende várias crianças e adolescentes.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.