Após atos

Réplica da Constituição Federal é devolvida ao STF

O exemplar, que estava exposto na entrada do plenário da Corte, foi devolvido à PF por homem que mora em Varginha (MG) e participou dos atos.

Ipolítica

Dino entregou a cópia para a ministra Rosa Weber
Dino entregou a cópia para a ministra Rosa Weber (Divulgação)

BRASÍLIA - A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, recebeu, na sexta-feira (13), das mãos do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB), a réplica da Constituição Federal de 1988 levada durante os atos terroristas na sede da Corte no último domingo (8). No encontro, estavam presentes também a ministra Cármen Lúcia e o diretor da Polícia Federal, Andrei Passos Rodrigues.

Na visita, Dino repassou à ministra Rosa Weber mensagem reiterada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que é dever dos três Poderes unidos pacificar o país por meio da imposição da lei e da manutenção do diálogo.

“Eu considero essa visita ao Supremo voltada a duas mensagens principais. A primeira delas é que assim como ninguém rouba a Constituição, ninguém rouba a democracia. E a segunda mensagem é da união. Reiterarmos que o extremismo só pode ser vencido com ampla união nacional, que ultrapassa os Poderes e as instituições e deve abranger a sociedade”, disse.

De acordo com o ministro, a réplica da Constituição, que ficava em exposição no Salão Branco, foi entregue por um cidadão à Polícia de Varginha (MG). O homem foi ouvido pelas autoridades e está sendo investigado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.