Notícias da indústria

Sistema FIEMA fortalece parceria com sindicatos industriais para 2023

Durante o encontro “Bom dia, Sindicato”, realizado nesta quinta-feira (15/12), foi feito balanço das atividades e previsão de novas ações para o ano que vem

Publipost/ Fiema

- Atualizada em 16/12/2022 às 13h52
Sindicatos patronais e representantes do Sistema FIEMA no Bom dia Sindicato.
Sindicatos patronais e representantes do Sistema FIEMA no Bom dia Sindicato.

SÃO LUÍS – Uma das ações realizadas este ano pelo Sistema FIEMA envolvendo sindicatos patronais foi o Projeto Gestão e Competitividade. Participam 180 empresas de São Luís, Imperatriz, Caxias e Açailândia, dezenas delas associadas aos sindicatos patronais. Uma das principais demandas dos representantes de sindicatos para 2023 visa profissionalizar a gestão sindical. Além dos representantes dos sindicatos, o encontro ‘Bom dia, Sindicato” contou com a presença de diretores da FIEMA e conselheiros do SESI e do SENAI. Na ocasião, os convidados conheceram a estrutura física e os equipamentos tecnológicos da unidade do SENAI no Monte Castelo.


A Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) idealizou o Projeto Gestão e Competitividade com o objetivo de auxiliar os empresários no aperfeiçoamento dos seus negócios. A iniciativa tem foco em capacitações e consultorias para Gestão Ágil, Gestão da Saúde e Segurança do Trabalhador e Gestão na Produção – Lean Manufacturing. Cada uma das instituições que compõe o Sistema FIEMA – SESI, SENAI e IEL - ficou responsável por uma das áreas do projeto naquilo que é a sua especialidade. Além das empresas industriais, participam empresas das áreas de comércio e de serviços.


O superintendente da FIEMA, César Miranda, antecipou que em 2023 as ações realizadas em parceria com os sindicatos filiados serão ampliadas com o objetivo de atingir mais empresas industriais. “Investimentos como o realizado com o Projeto Gestão e Competitividade podem fazer a diferença para a empresa na entrega de um produto mais bem elaborado ou no momento de uma concorrência”, frisou.


Outro projeto iniciado este ano e com resultado multiplicador é uma ação conjunta em prol da melhoria do setor de panificação no estado. Participam o Sindicato de Panificação e Confeitaria de São Luís (Sindipan), Sindicato de Panificação e Confeitaria de Imperatriz (SINPANCIMP), Sistema FIEMA (SESI, SENAI e Federação), Superintendência Regional do Trabalho (SRT-MA), Conselho Regional de Contabilidade (CRC-MA), Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), Vigilância Sanitária, Sebrae, entre outros.

A presidente do Sindipan, Francina Andrade, lembrou que o forte dessa ação são as parcerias. Dessa forma, é possível trabalhar em várias frentes, como o combate a acidentes de trabalho, à informalidade, quanto ao correto enquadramento das padarias no registro das empresas na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) e no treinamento dos funcionários das padarias em boas práticas de manipulação de alimentos. Várias empresas integram a ação em todo o estado. A expectativa é que em 2023 o setor de cerâmica vermelha seja contemplado com ações similares.

Presidente da FIEMA, Edilson Baldez, no Bom dia Sindicato.
Presidente da FIEMA, Edilson Baldez, no Bom dia Sindicato.



Bom dia, Sindicato – O presidente da FIEMA, Edilson Baldez, explicou que o ‘Bom dia, Sindicato’ é uma oportunidade para que os representantes sindicais contribuam com sugestões e um convite para que conheçam e usufruam das instalações, equipamentos e serviços disponibilizados pelo IEL, SESI e SENAI.
“Os governos, em vários níveis, reconhecem o trabalho realizado pelo SESI e SENAI e entendem que precisam fazer parcerias com as instituições de um modo em geral. O GT Pensar o Maranhão, as Escutas Empresariais e os resultados do Plano de Desenvolvimento Integrado do Centro de Alcântara (PDI-CEA) são alguns dos exemplos dessa parceria”, disse Baldez, ressaltando que esse é um momento de otimismo.

Benedito Mendes, vice-presidente do Sindicato das Indústrias de Cerâmica para Construção do Estado do Maranhão (Sindicerma) e vice-presidente da FIEMA, defendeu que em 2023 sejam discutidas e colocadas em prática propostas de inovação na gestão sindical. “Como sindicato temos que ter uma gestão compartilhada, inovadora e que essas inovações cheguem às empresas associados. Precisamos de planejamento estratégico”, adiantou. Para levantar as demandas dos sindicatos, a FIEMA está ouvindo as sugestões dos seus representantes por meio do Projeto Conecta Sindicatos, uma pesquisa que vai elencar as prioridades para 2023.


Durante o ‘Bom dia, Sindicato’, foi apresentada uma retrospectiva das ações realizadas pelo IEL, SESI e SENAI e Federação. Os representantes dos sindicatos ainda conheceram a estrutura física do SENAI Monte Castelo, que recentemente foi reformado e ganhou novos laboratórios equipados.


Eles também foram informados sobre a edição 2023 da Expo Indústria Maranhão, que acontecerá de 09 a 12/11, com a temática “Indústria, o futuro passa por aqui”; obtiveram informações sobre o Centro das Indústrias do Maranhão (CIMAR), que está voltado para empresas que desenvolvem atividades afins ou
complementares à cadeia produtiva industrial; e sobre a parceria com a Faculdade Anhaguera, que possibilita descontos aos empregados das empresas sindicalizadas em mais de 300 cursos.


Participaram do encontro os representantes dos sindicatos: Sindipan, SindMetal, Simetal, Sinpamcimp, Sinduscon, Sidimir, Sicam, Sindirepa, Sinduscon do Oeste, Sindicerma, Sindiarroz e Sindibebidas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.