Entrevista

"O maior orçamento de São Luís é da Saúde e assim como os problemas", diz vereador

Umbelino Júnior (sem partido) é autor do requerimento que levou a criação da CPI da Saúde para investigar a Semus.

Carla Lima/Ipolítica

- Atualizada em 16/12/2022 às 11h56

SÃO LUÍS - A Câmara Municipal de São Luís vai ter mais uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Até a metade deste ano, os vereadores investigaram o sistema de transporte público da capital. Agora, já no fim de 2022, os parlamentares criaram uma CPI para investigar a Secretaria Municipal de Saúde (Semus). O autor do pedido que levou a criação da comissão é o vereador Umbelino Júnior (sem partido). 

Em entrevista ao Imirante, ele disse que é necessário buscar as informações a respeito da aplicação dos recursos da saúde em São Luís. “Tivemos convocação de secretários, pedidos oficiais de informações e nada chegou à Câmara e, por isso, é necessária a CPI”, diz Umbelino.

Aplicação

Ainda de acordo com o vereador, a investigação busca informações sobre os recursos aplicados para depois explicar para a população por quais motivos há falta de medicamentos nas unidades de saúde e porque há filas para consultas e exames.

“Existe uma série de problemas que a população de São Luís enfrenta na área da Saúde. Precisamos saber porque não há solução considerando que a maior parte do orçamento do município é destinado à saúde”, afirmou.

Entre as questões que os vereadores buscam saber está ainda os motivos pelos quais as verbas das emendas impositivas não foram pagas nem em 2021 e nem 2022. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.