presidente eleito

Exames mostram que Lula tem inflamação na garganta e leucoplasia

Procedimentos de rotina indicaram alterações consideradas simples na saúde do presidente eleito

José Linhares Jr

- Atualizada em 12/11/2022 às 23h43
Os procedimentos médicos do presidente eleito neste sábado fazem parte de testes de rotina
Os procedimentos médicos do presidente eleito neste sábado fazem parte de testes de rotina (Ricardo Stuckert)

SÃO PAULO - Exames realizados neste sábado (12) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, mostram que o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem alterações na garganta que foram caracterizadas como uma inflamação. Também foi encontrada uma pequena área de leucoplasia na laringe, caracteriza por manchas brancas.

O presidente eleito ainda passou por ecocardiograma, tomografias gerais do coração e do pulmão e exames de sangue. Todos os demais resultados foram considerados normais.

Os exames não identificaram sinais de que o câncer identificado e tratado pelo presidente eleito em 2011 possa ter voltado.

Leia, abaixo, a íntegra do boletim médico:

Boletim Médico

Luiz Inácio Lula da Silva
12/11/2022 - 15hs
 

O Presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva esteve hoje no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para avaliação clínica multidisciplinar de rotina.

Foram realizados exames de imagens: ecocardiograma, angiotomografias e PET scan, que estão normais e seguem mostrando completa remissão do tumor diagnosticado em 2011.

O exame de nasofibroscopia mostra alterações inflamatórias decorrentes do esforço vocal e pequena área de leucoplasia na laringe.

O presidente eleito foi acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr Roberto Kalil Filho, Dr. Artur Katz e Dr. Rubens Brito.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.