Análise

Sem emendas, vereadores voltam a reclamar de Braide

Os parlamentares de São Luís aguardam a liberação de emendas para a saúde; Prefeitura não se manifesta a respeito.

Carla Lima/Ipolítica

Faz quase sete meses que Eduardo Braide esteve com grupo de vereadores; depois disto, não houve mais diálogo
Faz quase sete meses que Eduardo Braide esteve com grupo de vereadores; depois disto, não houve mais diálogo (Assessoria/Prefeitura de São Luís)

SÃO LUÍS - Os vereadores de São Luís voltaram a reclamar da falta de diálogo do prefeito Eduardo Braide (sem partido) com o parlamento. A situação já é de conhecimento de todos e diz respeito a liberação de emendas parlamentares destinadas para a saúde.

A história não é nova. O problema é que Braide mantém uma relação ruim até com os seus líderes. Basta lembrar do episódio com o vereador Marcial Lima (Podemos) que desistiu de ser líder do prefeito depois de não ter avançado em nenhum diálogo estabelecido para estreitar a relação entre Executivo e Legislativo.

Leia mais: De novo a relação ruim entre Prefeitura e Câmara em São Luís

Raimundo Penha (PDT), que assumiu a liderança este ano, tem feito observações para os colegas sobre a situação afirmando que está no "mesmo barco" que os demais vereadores.

Ao Imirante o pedetista confirmou que não há uma agenda regular dos auxiliares de Eduardo Braide com os vereadores. Segundo o próprio líder, o papel dele é de intermediar a relação entre os dois poderes, mas que de nada adianta se a articulação política do prefeito não avança em nada.

É “chover no molhado” como se diz na linguagem popular.

Assim a Braide vai finalizando seu segundo ano de governo sem ter uma base de apoio forte na Câmara. Talvez, ele seja o único prefeito dos últimos 20 anos que tenha tanta dificuldade com o parlamento.

E, ao que tudo indica, esta relação possa avançar somente em 2024, ano eleitoral. Mas isto, talvez aconteça. Talvez!

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.