Desvio de recurso público

Análise: mais uma operação da PF no Maranhão por desvio de verba da Saúde

Quando políticos falam que não há falta de dinheiro para a Saúde no estado, após mais uma operação, parece ser verdade que o problema é como o recurso é aplicado.

Carla Lima/Ipolítica

Nas últimas semanas, PF fez operação contra esquema de desvio de recursos da saúde que envolve municípios maranhenses
Nas últimas semanas, PF fez operação contra esquema de desvio de recursos da saúde que envolve municípios maranhenses (Divulgação)

SÃO LUÍS - Mais um município do Maranhão entra na lista dos que tiveram operação da Polícia Federal deflagrada devido a desvio de recursos da Saúde destinados para o combate a pandemia da Covid-19 desde 2020. 

As operações do Covidão (como ficou conhecida a força tarefa de órgãos de controle) já atingiram cerca de oito municípios maranhenses. Casos como de São Luís, a PF chegou a fazer três operações devido a desdobramentos das investigações.

Nesta quarta-feira, 19, o alvo da Polícia Federal foi a Prefeitura de Caxias, o prefeito da cidade, Fábio Gentil (Republicanos) e ainda servidores do município e empresários. Por lá, a investigação mostra que havia fraude em licitação para desvio de recursos da saúde sendo negociado até cargos na administração municipal.

A duas empresas, a Prefeitura chegou a repassar mais de R$ 9 milhões. Montante como este não é algo novo nas operações da Polícia Federal nos municípios maranhenses. A cada ação do órgão, milhões de reais foram desviados.

Assim ocorreu em cidades como Bernardo do Mearim, Santa Luzia, São Luís, Bacurituba, Bom Jesus das Selvas, Presidente Dutra e também Pinheiro. Somente na primeira operação na capital (Cobiça Fatal), por exemplo, a PF fala em desvio de mais de R$ 2 milhões.

Pelo visto, aquela máxima que muitos candidatos nas eleições deste ano disseram (de que existe recurso suficiente para melhorar a saúde pública) parece ser verdade.

Somando o dinheiro para combate a Covid e mais os repasses oriundos de emendas parlamentares vindas do orçamento secreto, prefeitos já poderiam ter melhorado a rede de saúde básica em quase todos os municípios do Maranhão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.