Eleições 2022

Ciro anuncia que não desistirá de candidatura

Discurso foi feito em resposta ao que considerou uma "gigantesca e virulenta campanha".

Ipolítica

Ciro reagiu a campanha por "voto útil"
Ciro reagiu a campanha por "voto útil" (Reprodução/YouTube/Ciro Gomes)

SÃO PAULO - O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, declarou nesta segunda-feira (26), em pronunciamento ao lançar um “manifesto à Nação” que não abdicará do seu projeto de chegar ao Palácio do Planalto.

O discurso havia sido anunciado no domingo (25), pelas redes sociais.

A fala do pedetista, segundo ele, foi feita em resposta ao que considerou uma "gigantesca e virulenta campanha" para que ele deixe a candidatura.

Nas últimas semanas, num esforço para tentar vencer a eleição no 1º turno, o PT, que tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato, tem feito campanha pelo chamado "voto útil".

“Nada deterá minha disposição de seguir em frente. Aqueles que ousam resistir, como é o meu caso, são vítimas das mais virulentas campanhas de intimidação, mentiras e de operações de destruição de imagem. É o que está acontecendo agora quando estou sendo vítima de uma gigantesca e virulenta campanha, nacional e internacional, para a retirada da minha candidatura", afirmou Ciro.

Ele acrescentou que vai continuar a "denunciar os corruptos e demagogos que tentam ludibriar a fé popular com suas falsas promessas", citando nominalmente Lula e e o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.