Clima quente

Prefeito e ex-prefeito trocam ameaças de morte no interior do Maranhão

Erlanio Xaxier, prefeito de Igarapé Grande, envolveu-se em discussão com "Breado", ex-prefeito, em grupo de WhatsApp

Ipolítica

- Atualizada em 23/09/2022 às 10h04
Erlanio e Breado desafiaram-se em grupo de WhatsApp
Erlanio e Breado desafiaram-se em grupo de WhatsApp (Divulgação)

IGARAPÉ GRANDE - O clima esquentou na noite desta quinta-feira (23) entre o prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier (PDT), e o ex-prefeito Edvaldo Galvão,  o “Breado”.

Em um grupo de WhatsApp, após iniciarem uma discussão sobre gestão do Municípios, ele trocaram insultos e se ameaçaram de morte.

“Só fez o mal a cidade. Acostumado a atirar em pé de mulher. Você não é homem, é ‘cabrinha’. Eu não tenho medo não, me desafia”, disparou Xavier, que é também presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), entidade que representa prefeitos maranhenses.

No mesmo grupo, Breado rebateu o adversário. Disse que ele chegou à cidade de tornozeleira eletrônica, colocada pela Polícia Federal, e acusou o prefeito de já haver feito “maldade com as pessoas".

“Você não está fazendo papel de homem, você não peita em ninguém. Você anda rodeado de seguranças. Quando você foi vice do meu filho [Bruno do Breado], você chegou aqui envolvido no escândalo em Paço do Lumiar com uma pulseira no pé, botada pela Polícia Federal. Você não peita em ninguém. O cara me mata, mas me desmoralizar? Fazer igual vocês já fizeram com muita gente? Eu sei, e tenho certeza, porque você foi quem me falou, de maldade que já fez com as pessoas. E você não é homem para nada. Aí você que é o cão acostumado a matar gente mesmo, agora você não me intimida e não me mete medo", respondeu

Na sequência, Erlânio Xavier elevou o tom, e convidou Breado  para trocar tiro na rua.

“Eu sou homem pra tu, moleque, toda hora que tu pensar, ficha suja. Tu não foi candidato porque tu era ficha suja, seu pilantra. Sou homem pra tu qualquer hora que tu quiser dentro de Igarapé Grande, na hora que tu quiser. Tu é um moleque, Breado. Sou homem para tu qualquer hora. Quer ver? Tu me chama pra ver se eu não vou pra rua trocar tiro contigo, onde tu quiser [SIC]”, desafiou.

Breado respondeu: “Moleque é você e você vai pagar o seu preço. Agora moleque é você. Agora peite sozinho em um lugar pra gente se matar, você né o cão, marque um lugar para ver se eu vou ou não vou?! Vou repetir de novo, seu prefeitinho de bosta: moleque é você. Você pode matar, porque já é acostumado a matar, mas você não me intimida”.

Ouça os áudios:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.