Checagem

Não é Fabio Assunção em vídeo de apoio a Bolsonaro e com críticas ao PT e à esquerda

Após a montagem, o próprio David Cardoso postou vídeo em que afirma ser “fake news” que seja Fabio Assunção na imagem.

Projeto Comprova

- Atualizada em 16/09/2022 às 14h04
Falso, para o Comprova, é o conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade.
Falso, para o Comprova, é o conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade. (Projeto Comprova)

Falso

Postagem mente ao atribuir ao ator Fabio Assunção declarações em defesa da reeleição de Jair Bolsonaro (PL), acompanhadas de críticas ao PT e à esquerda. Quem aparece no vídeo é o candidato a deputado federal David Cardoso (PL-SP). O conteúdo gravado por ele passou a ser compartilhado como sendo o artista e já foi desmentido também por outras agências de checagem e pelo próprio autor do vídeo.

Conteúdo investigado: Vídeo que circula nas redes sociais atribui ao ator Fabio Assunção críticas ao Partido dos Trabalhadores (PT). No conteúdo, um homem apontado como sendo o artista defende a candidatura à reeleição do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), e faz críticas à esquerda. O vídeo, de 1 minuto e 57 segundos, é acompanhado da seguinte legenda: “Importantíssimo recado do Fabio Assunção (ex-petista)! Assista e viralize!!!”

Onde foi publicado: Twitter.

Conclusão do Comprova: É falsa a publicação nas redes sociais em que um homem apontado como sendo o ator Fabio Assunção faz críticas ao PT, à esquerda e defende a reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O conteúdo que circula nas redes sociais mostra um homem com características semelhantes às do artista, mas quem aparece nas imagens é David Cardoso, candidato a deputado federal pelo estado de São Paulo, pelo partido Partido Liberal (PL).

O vídeo original foi postado por David Cardoso em sua conta no Instagram, de onde o material foi retirado para a inserção da legenda falsa: “Fabio Assunção (ator e ex-petista)”.

Após a montagem, o próprio David Cardoso postou vídeo em que afirma ser “fake news” que seja Fabio Assunção na imagem.

Falso, para o Comprova, é o conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade.

Alcance da publicação: Até o dia 15 de setembro, a postagem verificada tinha 2,5 mil compartilhamentos, 5,3 mil curtidas e mais de 130 mil visualizações no Twitter. Ela foi apagada, mas pode ser vista nesta captura de tela por meio da ferramenta WayBack Machine.

O que diz o autor da publicação: Não foi possível contatar o autor da postagem que viralizou no Twitter, pois o usuário não permite o envio de mensagens. A postagem foi excluída da rede social.

Como verificamos: Primeiramente, a equipe do Comprova pesquisou palavras-chaves com o nome de “Fabio Assunção” + “Bolsonaro” e a consulta retornou reportagens (Extra, Forum) que já indicavam a falsidade do conteúdo aqui investigado e apontavam David Cardoso como o autor original dos vídeos.

Na conta do Instagram de David, procuramos por vídeos com os mesmos elementos visuais, como as roupas e os óculos. Encontramos a postagem em que ele foi associado a Fabio Assunção.

Também foram feitas consultas pelo nome do ator associado ao de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ex-presidente e candidato ao Palácio do Planalto. Nessa pesquisa, surgiu matéria (O Globo) com o mesmo teor, apontando que não se tratava de Fabio Assunção no vídeo, e outros conteúdos que mostravam a proximidade do artista com o ex-presidente, como um vídeo no Twitter em que Assunção felicita o petista pelo aniversário.

A reportagem também fez contato com a assessoria de imprensa que consta no perfil do Instagram de Fabio Assunção, mas não houve retorno.

Vídeo foi gravado por candidato a deputado

Quem aparece nas imagens é David Cardoso, candidato a deputado federal pelo estado de São Paulo, pelo partido Partido Liberal (PL). O próprio David Cardoso postou vídeo, em 5 de setembro, em que esclarece a situação.

A postagem original foi feita também em seu Instagram, em 19 de julho. O vídeo foi retirado do canal e publicado em redes sociais com a inserção da legenda “Fabio Assunção (ator e ex-petista)”. Nesse processo, a imagem perdeu qualidade, o que contribuiu para reforçar a mentira.


Diversos sites jornalísticos e agências de checagem publicaram conteúdo com a mesma conclusão do Comprova: não é Fabio Assunção na imagem (AFP Checamos, Agência Lupa, Boatos.org, Extra, Revista Fórum, Brasil 247, Diário do Centro do Mundo).

À Agência Lupa, a assessoria de imprensa de Fabio Assunção confirmou que não é o ator quem aparece no vídeo: “Esse vídeo não é o Fabio. Claramente. É outra pessoa”.

Posicionamento político de Fabio Assunção

O Comprova não localizou declarações de Fabio Assunção sobre as eleições presidenciais deste ano. Porém, em 2020, o ator demonstrou apoio a Dilma Rousseff (PT) ao compartilhar entrevista em que ela comenta a homenagem feita por Bolsonaro, então deputado federal, a Carlos Alberto Brilhante Ustra durante a votação na Câmara, em 17 de abril de 2016, do seu processo de impeachment. Brilhante Ustra foi reconhecido pela Justiça brasileira como torturador durante a Ditadura Militar (1964-1985).

Na ocasião, Fabio Assunção escreveu: “A desumanidade não cabe em nenhuma ‘legenda’. Tô sem palavras”. E marcou o perfil oficial de Dilma Rousseff, inserindo, ao lado, emojis com o símbolo de um coração e de um punho cerrado.

Em 2019, o perfil oficial de Lula no Twitter divulgou vídeo de Fabio Assunção em que ele parabeniza o ex-presidente pelo seu aniversário e afirma ter sido a prisão de Lula “uma prisão política”.

No ano anterior, em entrevista ao Brasil de Fato, Fabio Assunção comentou as diferenças entre ele e o personagem que então interpretava na série “Onde nascem os fortes”, Ramiro Curió, a quem descreveu como “extremamente cruel e conservador”.

“A minha visão de mundo é completamente outra. Sou orientado por duas questões fundamentais que são o princípio humanitário e esse lado progressista”, disse Assunção.

Já em 2017, o ator se filiou ao PT.

Por que investigamos: O Comprova investiga conteúdos suspeitos que viralizaram nas redes sociais sobre a pandemia, políticas públicas do governo federal e eleições presidenciais. O conteúdo faz referência a Bolsonaro, que disputa a reeleição, e critica o PT, partido de Lula, que concorre ao mesmo cargo. Ao atribuir o vídeo ao ator Fabio Assunção, que é conhecido por apoiar as pautas de esquerda, como se ele tivesse mudado seu posicionamento político, o autor contribui para espalhar uma falsidade, o que afeta o processo democrático das eleições. A população tem direito de fazer as suas escolhas baseadas em conteúdos verdadeiros e confiáveis.

Outras checagens sobre o tema: As eleições têm sido o tema preferencial dos conteúdos de desinformação que circulam nas redes sociais. Nesta semana, o Comprova demonstrou que é falso o vídeo que afirma que militares fizeram ataque a petistas durante o desfile de 7 de Setembro e também um áudio em que o presidente xinga Michelle Bolsonaro no mesmo evento. Além disso, apontou ser enganoso um vídeo de Bolsonaro criticando direitos trabalhistas e que se trata de uma sátira um vídeo sobre a participação de Lula em comício em Belém.

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.