Eleições 2022

PROS volta para o comando de Marcos Caldas no Maranhão

Nova decisão do STJ devolve a presidência nacional do partido para Marcus Holanda.

Carla Lima/Ipolítica

Weverton Rocha vai manter o apoio do PROS após decisão do STJ
Weverton Rocha vai manter o apoio do PROS após decisão do STJ (Weverton Rocha)

SÃO LUÍS - Uma nova decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) devolveu o comando do PROS para Marcus Holanda. O ministro Antônio Carlos Ferreira, relator do processo da disputa pela legenda, decidiu que o STJ não tem competência para apreciar o pedido de tutela de urgência, que havia passado a presidência da sigla para Eurípedes Jr.

Com a nova decisão, o PROS volta para o comando do ex-deputado estadual Marcos Caldas, logo, retorna para a coligação do PDT do senador Weverton Rocha.

Na quarta-feira, 3, uma decisão provisória havia devolvido o partido para Eurípedes Júnior que anunciou anulação da convenção do PROS que havia definido o apoio da sigla para o PDT no Maranhão.

Eurípedes Júnior devolveria a presidência estadual do partido para o vereador Chico Carvalho, que faria nova convenção para decidir o apoio do PROS para o governador Carlos Brandão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.