Queimadas

Maranhão registra mais de 3.500 focos de incêndio em 2022, 3º Estado do país com mais ocorrências

No Maranhão, as queimadas aumentaram 10% no mês de julho.

Imirante, com informações do G1MA

- Atualizada em 29/07/2022 às 10h15
Nas últimas 48 horas, foram 189 focos registrados no Maranhão.
Nas últimas 48 horas, foram 189 focos registrados no Maranhão. (Foto: De Jesus/O Estado)

SÃO LUÍS - O Maranhão já registrou mais de 3.500 focos de incêndio neste ano de 2021. As queimadas aumentaram 10% no mês de julho, em comparação com mesmo período de 2021, no Estado. 

Nas últimas 48 horas, foram 189 focos registrados no Maranhão. O fogo se alastra por causa do capim seco, influenciado pelo vento. Os casos são mais frequentes nesta época, entre junho e setembro, na região de cerrado.

O Maranhão é o terceiro Estado do Brasil com maior número de focos de incêndio, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). 

O município de Fernando Falcão foi o que mais registrou queimadas em 2022 no Estado, com 380 focos. Em seguida, estão Mirador, Grajaú, Caxias e Balsas.

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.