Crise no MA

Senado criará comissão externa para averiguação das condições de ferry boats no Maranhão

Proposta para criação da comissão é do senador Roberto Rocha, que diz que situação da travessia na Baía de São Marcos está precária

Carla Lima/Ipolítica

- Atualizada em 10/06/2022 às 09h06
Senador Roberto Rocha deve compor comissão que vai averiguar situação dos terminais do Cujupi e Pinta da Espera no Maranhão
Senador Roberto Rocha deve compor comissão que vai averiguar situação dos terminais do Cujupi e Pinta da Espera no Maranhão (Waldemir Barreto/Agência Senado)

SÃO LUÍS - O senador Roberto Rocha (PTB) apresentou requerimento ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), solicitando a formação de uma comissão externa temporária para averiguação da situação da travessia da baía de São Marcos nos ferry boats. A proposta foi aprovada e três senadores deverão compor a comissão que virá in loco a São Luís conferir a situação.

Segundo o senador, os terminais da Ponta da Espera e do Cujupi pertencem a União e estão cedidos para o governo estadual. Por pertencer a União, a fiscalização do Senado é Justificada.

Além disto, Rocha relata a situação precária das balsas que fazem a travessia da Baía de São Marcos. 

CLIQUE AQUI E VEJA O REQUERIMENTO

“A situação precária atual foi alcançada após a transferência, em 2015, dos serviços de fiscalização e regulamentação do transporte por ferry boats para a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB). Desde então, houve uma sucessão de eventos, com tentativas frustradas de licitação, intervenção na empresa SERVIPORTO e gestão estatal direta. Por fim, em 2021 foi realizada nova licitação, vencida pela empresa paraense CELTE NAVEGAÇÃO, que sequer possuía ativos de navegação marítima. No último dia 20 de maio, já no auge da crise, o Governo do Estado anunciou o distrato com esta empresa, alegando os motivos já conhecidos por toda a sociedade maranhense: a total incapacidade da empresa de atender o escopo dos serviços licitados pela MOB”, disse o senador em seu requerimento.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.