Acidente aéreo

Concluído relatório da CPI do Acidente da Chapecoense

Senador Izalci Lucas, do PSDB do Distrito Federal, entregou documento, apesar de colegiado ter decidido estender os trabalhos até o dia 11 de julho.

Agência Senado

Relatório final de CPI foi entregue pelo relator, senador Izalci Lucas
Relatório final de CPI foi entregue pelo relator, senador Izalci Lucas (Geraldo Magela/Agência Senado)

BRASÍLIA - O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) entregou nesta quarta-feira (18) o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a situação das vítimas e familiares do acidente aéreo que vitimou a delegação de futebol da Chapecoense, em novembro de 2016, em Medellín (Colômbia).

Izalci anunciou que não faria a leitura do relatório, diante da decisão do colegiado de estender os trabalhos até a data limite, 11 de julho.

Leia também: Senador critica ministros do Supremo Tribunal Federal

“Quero reforçar que esse é um relatório preliminar, sujeito à colaboração de todos. Acho que está bem, mas a gente precisa melhorar”, afirmou Izalci.

Entre outras conclusões, o relatório aponta a "evidente necessidade" de indenizar, "contratual e extracontratualmente", as vítimas e os familiares das vítimas do voo CP 2933 da companhia aérea LaMia, "assim como de se alcançar eventuais ilícitos penais e administrativos" cometidos por envolvidos no acidente.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.