AGRONEGÓCIO

Maranhão deve produzir 6,6 milhões de toneladas de grãos na atual safra

Destaque para a soja e o milho, culturas que juntas correspondem a 94% da produção total estimada.

Imirante.com

A soja se encontra em estágio relativamente avançado, com 76% da área colhida nas principais áreas produtoras
A soja se encontra em estágio relativamente avançado, com 76% da área colhida nas principais áreas produtoras (Divulgação)

SÃO LUÍS - O 8º Levantamento da Safra de Grãos 2021/22, divulgado nesta quinta-feira (12), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê que o Maranhão produzirá 6,6 milhões de toneladas de grãos – arroz, milho, feijão, soja e algodão – na atual safra. O volume representa incremento de 10,4% em relação à safra anterior. A área plantada total chega a 1,8 milhão de hectares.

O destaque, de acordo com os dados da Conab, são a soja e o milho, culturas que juntas correspondem a 94% da produção total estimada, ou seja, a 6,2 milhões de toneladas. 

No caso da soja, a colheita se encontra em estágio relativamente avançado, com 76% da área colhida nas principais áreas produtoras do estado, com destaque para a região de Balsas, que já finalizou as operações. Nas demais regiões produtoras a colheita deve iniciar em maio e se estender até a primeira quinzena de junho de 2022. 

Segundo a Conab, a área plantada de soja no estado atingiu a marca expressiva de 1, 117 milhão de hectares, o que representa aumento de 11,1% em relação à safra anterior, com uma produtividade média 3.334 kg/ha. A produção total é prevista em 3,7 milhões de toneladas.

Com relação ao milho, o Maranhão deve colher 2,5 milhões de toneladas, aumento de 5,8% na comparação com a safra anterior. No que tange à primeira safra, lavouras da safra verão estão nas fases de floração, enchimento de grãos e maturação. A colheita deve ter seu início em julho, e a produtividade média estimada é de 5.032 kg/ha.

Já o milho de segunda safra se encontra em boas condições, nos estágios de desenvolvimento vegetativo, floração e enchimento de grãos. A colheita está prevista para acontecer entre junho e agosto de 2022. 

O arroz também é destaque na atual safra, com previsão de se colher 212,2 mil toneladas, um incremento de 22,5%. O levantamento da Conab atesta que a colheita avançou, atingindo 53% da área total plantada. Ressalva para a região integrante de São Mateus, onde foi constatado aumento de área semeada.

O algodão, outro importante grão produzido no estado, tem previsão de se colher 118,3 mil toneladas. As lavouras se encontram em boas condições, no estágio de formação de maçãs, com estimativa aproximada de colheita para o período compreendido entre junho e setembro deste ano.

Os números da Conab também apontam nesse 8º Levantamento da Safra de Grãos 2021/22, que o Maranhão produzirá 28,3 mil toneladas de feijão, para uma área plantada de 48,7 mil hectares. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.