Crime

Suspeito de latrocínio contra idoso é preso no interior do Maranhão

Crime aconteceu no dia 27 de setembro de 2021,na cidade de Governador Edson Lobão, a 730 km de São Luís.

Imirante.com

- Atualizada em 04/05/2022 às 10h19
José de Oliveira Brito tinha 73 anos.
José de Oliveira Brito tinha 73 anos. (Reprodução / TV Mirante)

IMPERATRIZ – Um homem, suspeito de ser o autor do latrocínio que teve como vítima um idoso identificado como José de Oliveira Brito, de 73 anos, foi preso nessa segunda-feira (2), em Imperatriz, na região tocantina do Estado. O crime aconteceu no dia 27 de setembro de 2021,na cidade de Governador Edson Lobão, a 730 km de São Luís. 

A prisão foi realizada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) no bairro Itamar Guará, na cidade de Imperatriz, na Região Tocantina. O preso, que foi localizado após os investigadores receberem diversas denúncias sobre ele, deve responder na Justiça pelos crimes de roubos, furtos, receptação, tráfico de drogas e latrocínio, bem como, a prática de roubo a uma caminhonete de propriedade de um empresário.

Após os procedimentos na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, o preso foi encaminhado a unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

O crime

O idoso era caseiro na chácara de um empresário em Governador Edson Lobão, no interior do Estado. De acordo com a polícia, no dia 27 de setembro de 2021, criminosos invadiram a chácara, anunciaram o assalto e, após roubarem uma motocicleta que estava no imóvel, assassinaram o idoso com vários tiros.

Após cometerem o crime, os três bandidos fugiram levando ainda mais duas motocicletas, que roubaram em Governador Edson Lobão.

Logo após o crime, a polícia conseguiu prender um dos suspeitos, quando ele tentava fugir em uma van. Com ele, os policiais encontraram várias armas de fogo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.