Imunização

São Luís vacina, nesta sexta e sábado, crianças de 10 anos sem comorbidades

Nascidos de janeiro a junho vacinam na sexta-feira (21); já os nascidos de julho a dezembro, no sábado (22).

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h34
A vacinação ocorrerá de 8h às 18h, em todos os seis pontos de imunização da capital.
A vacinação ocorrerá de 8h às 18h, em todos os seis pontos de imunização da capital. (Foto: Paulo Soares / Grupo Mirante)

SÃO LUÍS – A vacinação contra a Covid-19 em crianças de 10 anos, sem comorbidades ou deficiência, será realizada nesta sexta-feira (21) e sábado (22), em São Luís. A vacinação ocorrerá de 8h às 18h, em todos os seis pontos de imunização da capital.

Leia também:

São Luís vacina, nesta quinta-feira (20), crianças de 11 anos nascidas de julho a dezembro

Na sexta-feira, podem se vacinar as crianças nascidas de janeiro a junho. Já no sábado, as nascidas de julho a dezembro.

Para receber a 1º dose da vacina, as crianças precisam estar acompanhadas dos pais e/ou responsável, levar certidão de nascimento ou RG. Crianças que tenham apresentado sintomas gripais ou Covid-19 só devem ser vacinadas após quatro semanas.

Pontos de vacinação

- Centro de Vacinação - Sebrae;

- Centro de Vacinação - UFMA;

- Centro de Vacinação - Uema;

- IFMA Maracanã;

- Drive-thru Shopping da Ilha;

- Drive-thru Ceuma.

A vacina para crianças será aplicada em duas doses de 0,2 ml (equivalente a 10 microgramas). A tampa do frasco da vacina é na cor laranja, para facilitar a identificação pelas equipes de vacinação e também pelos pais, mães e cuidadores que levarão as crianças para serem vacinadas.

A prefeitura afirmou que a vacinação das crianças com comorbidades segue nos próximos dias.

Comorbidades e deficiências listadas como prioridades:

- Insuficiência cardíaca;

- Cor pulmonale;

- Hipertensão pulmonar;

- Cardiopatia hipertensiva;

- Valvopatias;

- Miocardiopatias e pericardiopatias;

- Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas;

- Arritmias cardíacas;

- Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;

- Talassemia;

- Síndrome de Down;

- Diabetes Mellitus;

- Pneumopatias crônicas graves;

- Hipertensão arterial;

- Doença cerebrovascular;

- Doença renal crônica;

- Imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos)

- Anemia falciforme;

- Obesidade mórbida;

- Cirrose hepática;

- HIV;

- Deficiência física;

- Neurodiversos (TDAH, TEA e deficiência Intelectual).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.