5G no Brasil

Claro lança 5G na frequência de 2,3 GHz em São Paulo e Brasília

Clientes com aparelhos compatíveis com a tecnologia já podem navegar na rede de quinta geração nessas capitais.

Publipost / Claro

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h48

SÃO PAULO - A Claro, pioneira na entrega de uma rede 5G no Brasil, agora disponibiliza a quinta geração de internet na faixa de 2,3 GHz, em São Paulo e Brasília. São as primeiras capitais a receberem a frequência, que está entre as adquiridas pela operadora no leilão de espectro conduzido pela Anatel, em novembro deste ano.

A Claro lança a novidade depois de realizar diversos testes. O último deles ocorreu durante etapa da Stock Car 2021, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, quando agregou com sucesso os 100MHz da faixa de 3,5GHz, aliada aos 50MHz do 2,3GHz.

“A Claro sempre esteve atuante no 5G, desde a montagem dos laboratórios de homologação da tecnologia, até a condução de pilotos e demonstrações experimentais ao lado de fornecedores e parceiros. Agora, com a possibilidade do uso do 2,3GHz, avançamos mais um passo. É um espectro coringa, que pode ser utilizado tanto para o 5G quanto para o 4,5G, tem alta capacidade de transmissão e se adapta muito bem à realidade das capitais”, explica Paulo Cesar Teixeira, CEO da Claro para Consumo e PME.

Em Brasília, a novidade chega inicialmente na Asa Norte, região da primeira antena com o 2,3Ghz ativo na capital federal. E, nos próximos dias, mais sites serão liberados em pontos estratégicos da Asa Sul e Setor Comercial. E, já como resultado, após a ativação, smartphones compatíveis mediram velocidades de 700Mbps na rede, mesmo sem a agregação com o espectro de 3,5GHz.

Já em São Paulo, são dois sites em soft launch, nas regiões do Itaim e Vila Nova Conceição. E, ainda no primeiro trimestre de 2022, a Claro também ampliará para a região da Marginal Pinheiros, utilizando o espectro de 2,3 GHz tanto para 5G como para o 4.5G.

Os clientes da Claro com planos ativos e aparelhos compatíveis com a tecnologia 5G na faixa de 2300MHz já estarão aptos a navegar nestes bairros em uma rede 5G, ainda mais veloz. A banda espectral da frequência ainda vai permitir que mais usuários possam se conectar a uma mesma antena, com ganho de capacidade, velocidade e experiência ainda mais premium.

“A Claro está pronta para a revolução que o 5G vai trazer. Evoluímos a nossa infraestrutura, com pioneirismo, com o passar do tempo. Fomos os primeiros a oferecer o 4.5G e, depois, o 5G DSS. Com uma rede moderna e bem estruturada, lançamos o 5G em Brasília e São Paulo na frequência de 2,3GHz. Agora, aguardamos a liberação da faixa de 3,5GHz para levar aos nossos clientes mais essa experiência, que irá estimular e impulsionar o ecossistema 5G”, finaliza Teixeira.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.