Segurança

Universidade Ceuma segue com a obrigatoriedade do uso de máscara em todos os campi

Em comunicado oficial, a Universidade Ceuma afirma que medida é para proporcionar segurança a todos da comunidade acadêmica.

Publipost / Universidade Ceuma

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h58
Campus Renascença da Universidade Ceuma.
Campus Renascença da Universidade Ceuma. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – A máscara é uma importante aliada no combate ao novo coronavírus. Desde o início da pandemia, em 2020, o acessório virou item indispensável na vida da população. Mesmo com a flexibilização de algumas medidas sanitárias e a vacinação contra a Covid-19, o uso da proteção facial ainda é uma importante barreira contra o vírus.

A Universidade Ceuma, em comunicado à comunidade acadêmica, funcionários e a toda a sociedade, informou que o uso de máscaras de proteção, adotado desde o início da pandemia de Covid-19, continua obrigatório em todas as unidades da instituição de ensino superior.

Mesmo com o decreto estadual de 10 de novembro de 2021, que desobrigou o uso do acessório, em razão da queda da transmissão e das mortes em decorrência do novo coronavírus no Maranhão, a Universidade Ceuma continuará exigindo o uso das máscaras para acesso e permanência de alunos, professores, funcionários e gestores da instituição e visitantes nas unidades Renascença, Anil, Imperatriz e Bacabal.

Leia a íntegra do comunicado:

“Informamos que, embora o Decreto estadual 37.176 de 10.11.21, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, flexibilize a utilização de máscaras em ambientes públicos, esta instituição, em todas as suas unidades (Renascença, Anil, Imperatriz e Bacabal) permanecerá adotando as máscaras de proteção como item obrigatório para a entrada e a permanência em suas dependências.

Destacamos que este comunicado destina-se a todos que integram a comunidade acadêmica desta instituição (alunos, funcionários, docentes, prestadores de serviços e gestores da IES e/ou do Grupo Educacional CEUMA) bem como ao público externo que, eventualmente, visite qualquer uma de nossas unidades dispostas na capital e no interior do Maranhão.

Agradecemos a colaboração de todos, imbuídos da certeza de que estamos unidos na busca incessante de proporcionar segurança a todos da comunidade acadêmica, em conformidade com a legislação vigente.”

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.