Publipost

Sema apresenta à Comissão de Meio Ambiente resultados da gestão de recursos hídricos

Plano Estadual de Recursos Hídricos, já elaborado e aprovado, será discutido na Assembleia Legislativa.

Agência Assembleia

- Atualizada em 26/03/2022 às 19h13
Superintendente da Sema apresentou relatório de gestão de recursos hídricos 2021.
Superintendente da Sema apresentou relatório de gestão de recursos hídricos 2021. (Foto: Agência Assembleia)

SÃO LUÍS - O superintendente de Recursos Hídricos da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Victor Lamarão, apresentou, na manhã desta quarta-feira (3), à Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa o relatório de gestão de recursos hídricos referente a 2021.

Lamarão frisou que a prestação de contas das ações desenvolvidas pelo órgão é uma das prioridades para o trabalho de preservação do meio ambiente no estado. Ele destacou a preocupação do governador Flávio Dino (PSB) em relação ao tratamento dos recursos naturais, enfatizando que a água doce e potável está escassa. Ele discorreu, ainda, sobre o programa de Consolidação do Pacto Nacional pela Gestão das Águas Progestão, com base no Decreto Estadual 29/302/2013.

O representante da Sema revelou, ainda, que o Maranhão pertence à tipologia B de gestão e que tem objetivos a cumprir (Metas de Cooperação Federativa, Metas Estaduais e Metas de Investimento com Incidência de Fatores de Redução), tendo alcançado 82% em 2019 e 85% em 2020. Em 2021, busca atingir 90% desses objetivos.

Pauta mundial

O deputado Hélio Soares, que participou da reunião, destacou que a iniciativa da Secretaria é louvável sob todos os aspectos. “Vivemos um momento em que é necessário dar mais ênfase à questão ambiental. É uma pauta mundial e o Maranhão não pode ficar alheio às discussões”, afirmou.

O presidente da Comissão, deputado Rafael, disse que a explanação foi um diagnóstico sobre a questão dos recursos hídricos no Maranhão e destacou que um dos itens mais importantes foi a ampliação dos comitês de bacias hidrográficas, que eram apenas dois e, hoje, já somam sete.

Leitoa ressaltou, também, o Plano Estadual de Recursos Hídricos, já elaborado e aprovado, e que será amplamente discutido na Assembleia Legislativa. “A Secretaria de Meio Ambiente está dialogando com todos os setores da sociedade e isso é de suma importância”, finalizou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.