Em São Luís

Prefeitura de São Luís terá que aplicar 2ª dose no público que vacinou em Arraiais do governo

Decisão é do juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, Douglas de Melo Martins.

Imirante.com, com informações do G1 MA

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h01
Juiz Douglas de Melo Martins da Vara de Interesses Difusos e Coletivos.
Juiz Douglas de Melo Martins da Vara de Interesses Difusos e Coletivos. (Foto: Reprodução)

SÃO LUÍS - O juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, Douglas de Melo Martins, determinou que a Prefeitura de São Luís terá que aplicar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em pessoas receberam a primeira nos Arraiais de Vacinação realizados pelo governo do Estado. Cabe recurso da decisão.

A decisão também obriga o governo do Maranhão a repassar as doses extras necessárias para a aplicação dessas doses. A Defensoria Pública Estadual apontou que está havendo dificuldade na no acesso à segunda dose da vacina daqueles que se vacinaram no "Arraial", em São Luís, devido ao impasse entre Estado e Prefeitura. Por isso, veio a determinação do juiz.

Em caso de descumprimento, Estado e Prefeitura estão sujeitos a uma multa diária de R$ 10 mil.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.