Em São Luís

Maranhão registra primeiro caso de recebimento de ''sementes misteriosas''

Caso foi registrado pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA), nessa terça-feira (6), em São Luís.

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h06
Pacote foi recebido pelos Correios por uma moradora do bairro São Francisco, em São Luís.
Pacote foi recebido pelos Correios por uma moradora do bairro São Francisco, em São Luís. (Foto: divulgação / Aged)

SÃO LUÍS - Notificado no Maranhão o primeiro caso de recebimento das "sementes misteriosas". O caso foi registrado pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA), nessa terça-feira (6), na capital maranhense. Em todo o país, mais de 23 estados e o Distrito Federal já registraram casos semelhantes.

Segundo informações da Aged, o pacote foi recebido pelos Correios por uma moradora do bairro São Francisco, em São Luís. Ela afirmou que recebeu o produto sem ter feito nenhuma compra ou solicitação. Ao perceber que se tratava das sementes, ela encaminhou o pacote sem violação, para o setor de Defesa e Inspeção Vegetal da Aged.

A recomendação da Aged é de que, em caso de recebimento das sementes misteriosas, a população não viole a embalagem, não descarte em cursos d'água ou junto do lixo comum. Além disso, a orientação é que as sementes não sejam plantadas, mesmo que o conteúdo descreva uma semente de fruta popular.

Os pacotes devem ser encaminhados imediatamente à Superintendência Federal de Agricultura do Maranhão (SFA-MA) ou a sede da Aged. Caso não tenha um escritório da agência na região, o cidadão pode ligar para a Ouvidoria da Aged (98) 999132-0441 ou da SFA-MA/Mapa (98) 3131-3407.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.