Esquema de agiotagem no Maranhão

Filho de ex-prefeita de Dom Pedro se entrega à polícia

Eduardo Imperador seria o líder da quadrilha que agia para fraudar licitações na gestão de Arlene Barros nos anos de 2009 a 2012.

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h44
(Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Eduardo Barros, conhecido como Eduardo Imperador, filho da ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros, suspeita de integrar um esquema de agiotagem no Maranhão, se apresentou à polícia acompanhado de advogados. Nessa terça-feira (31), a Justiça já havia expedido o mandado de prisão contra o filho da ex-prefeita.

Segundo investigações do Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público, Eduardo Imperador seria o líder da quadrilha que agia para fraudar licitações na gestão de Arlene Barros nos anos de 2009 a 2012.

O filho da ex-gestora pública está na Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), onde será ouvido pela comissão que investiga o esquema de agiotagem do Estado.

Entenda o caso

Nessa terça-feira (31), a Polícia Civil e o Ministério Público Estadual realizaram a Operação Imperador, prendendo a ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros, em seu apartamento no Renascença, em São Luís. Além dela, foram conduzidos: Romulo Cesar Barros Costa; Alfredo Falcão Costa Júnior; Rodrigo Barros Amancio; Rodrigo Gomes Casanova Junior; Joel Cavalcante Neto; Fabio Silva Froz; Laynna Barbosa Mesquita; Jean Pereira dos Santos e Leonardo Alves dos Santos.

A investigação é uma continuidade do trabalho de combate à agiotagem no Maranhão, que teve início após a morte do jornalista Décio Sá, em abril de 2012. O objetivo é apurar a participação de prefeitos e outros agentes públicos no esquema. No total, 42 prefeituras maranhenses estariam envolvidas nas irregularidades. A operação será realizada em todas as cidades apontadas nas investigações.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.