Moradores reclamam de avenida recém-inaugurada

O Estado do Maranhão

- Atualizada em 27/03/2022 às 15h30

A proximidade do inverno e a ameaça de inundações na avenida São Luís Rei de França, recém-inaugurada pela Prefeitura de São Luís, estão preocupando os moradores dos condomínios Vista Del Mar e Enseada dos Ventos e também os donos de comércio no trecho próximo ao Restaurante Cheiro-Verde e à Panificadora Pão Nosso. Irritados, depois de quase um ano recorrendo à Prefeitura e à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), os moradores decidiram denunciar a situação e o descaso da administração municipal antes que chegue o período de chuvas com novos prejuízos.

“Na última chuva que deu, tivemos que desligar os elevadores dos dois blocos, porque, antes, o motor do portão automático do prédio ficou danificado com a invasão das águas”, afirma a síndica do condomínio Vista Del Mar, Áurea Lima.

A origem do problema é uma elevação de mais de 30 centímetros feita durante as obras da avenida São Luís Rei de França. Como o nível da rua ficou bem acima do meio-fio e da calçada, as águas não têm para onde escoar, já que a sarjeta praticamente sumiu. A moradora Maria José de Sousa diz que toda a água de chuva que vem da parte mais alta da avenida forma uma lagoa com cerca de 100 metros de diâmetro e desce em correnteza, invadindo com força o estacionamento do prédio enquanto a chuva não cessa.

Ainda durante a realização das obras, os moradores chamaram por várias vezes os engenheiros e os mestres-de-obra responsáveis pelo serviço para falar sobre o problema. Eles admitiram que a elevação do nível do asfalto causaria alagamento, e mesmo assim, disseram que nada podiam fazer porque estavam cumprindo determinações do projeto.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.