Exposição a pesticidas aumenta risco de depressão, diz estudo

Antonio Marinho, O Globo

- Atualizada em 27/03/2022 às 15h31

RIO - Trabalhadores rurais intoxicados por pesticidas agrícolas contendo organofosfatos enfrentam um risco quase seis vezes maior de desenvolver depressão nos meses posteriores à exposição ao produto, segundo estudo da Universidade do Estado do Colorado, nos Estados Unidos.

Os organofosfatos são compostos extremamente tóxicos e facilmente absorvidos pela corrente sangüínea por meio do contato com a pele, nariz, olhos, intestinos e pulmões. Logo após a exposição, a vítima pode apresentar vômito, dores abdominais, fadiga, dor de cabeça e visão turva, entre outros sintomas.

Também há registro de problemas neurológicos como ansiedade, depressão, irritabilidade e agitação, provocados por envenenamento por organofosfatos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.