Violência sexual

Motorista de aplicativo é preso por estupro de vulnerável em São José de Ribamar

Segundo a polícia, o crime aconteceu na noite de quarta-feira (15). Um segundo suspeito de participar do crime também foi preso.

Imirante.com

- Atualizada em 17/11/2023 às 18h54
Após diligências a polícia realizou a prisão dos dois homens, sendo um no bairro da Cidade Operária e outro no bairro J.Câmara.
Após diligências a polícia realizou a prisão dos dois homens, sendo um no bairro da Cidade Operária e outro no bairro J.Câmara. (Foto: Divulgação / Polícia Civil do Maranhão)

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR - A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu em flagrante, nessa quinta-feira (16), dois homens suspeitos de praticarem o crime de estupro de vulnerável na cidade de São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís.

Clique aqui para seguir o canal do Imirante no WhatsApp

Segundo a Delegacia Geral de Polícia Civil, na noite dessa quarta-feira (15), a vítima, uma mulher de 37 anos, solicitou uma viagem via aplicativo para se deslocar até a casa de um familiar no município de Ribamar.

De acordo com as investigações preliminares, no percurso da viagem a vítima e o motorista concordaram em parar em um bar, onde começaram a consumir bebidas alcoólicas. Na ocasião, um segundo homem passou a acompanhar os dois.

As investigações também revelaram que a vítima, de forma inconsciente, foi levada para a residência do segundo homem, onde teria sofrido os abusos praticados pelos dois suspeitos. 

Após o crime, a vítima desacordada, foi deixada na porta da casa de um familiar sem nenhuma assistência por parte dos dois homens.

Prisões

O caso foi registrado na Delegacia Especial de São José de Ribamar. Após diligências a polícia realizou a prisão dos dois homens, sendo um no bairro da Cidade Operária e outro no bairro J.Câmara.

Além das prisões, os policiais ainda apreenderam o celular da vítima que estava em posse dos suspeitos e o veículo usado no crime.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.