Criminalidade

Dois homens são presos suspeitos de envolvimento em roubo a residência de casal de jornalistas no Araçagi

Um dos suspeitos teve participação direta no roubo, enquanto o outro foi o receptador dos bens roubados das vítimas.

Imirante.com, com informações da PC-MA

- Atualizada em 23/11/2022 às 22h47
Suspeitos foram presos nesta quarta-feira (23).
Suspeitos foram presos nesta quarta-feira (23). (Foto: Divulgação)

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR – Dois homens foram presos, nesta quarta-feira (23), suspeitos de envolvimento no roubo a residência de um casal de jornalistas, situada no bairro Araçagi, na Grande São Luís. Um dos investigados foi preso por participação direta no crime, enquanto o outro por receptação dos bens roubados do imóvel.

De acordo com a Polícia Civil, o roubo aconteceu no dia 3 de outubro deste ano. Na ocasião, três homens armados entraram no imóvel, mediante grave ameaça, e subtraíram eletrodomésticos, roupas, o veículo das vítimas e uma quantia em dinheiro. No decorrer das investigações, foi possível identificar os três autores do crime, sendo um homem, maior de idade, e outros dois adolescentes, que também foram apreendidos. Ainda foi identificado o possível receptador dos objetos roubados, que também foi preso.

Segundo a polícia, na residência do receptador, também na região do Araçagi, foram encontrados vários objetos com procedência ilícita, entre eles os subtraídos da residência das vítimas. Em decorrência disso, o receptor dos pertences roubados recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante delito pelo crime de receptação.

De acordo com as vítimas, apenas um relógio e um notebook foram recuperados até o momento. Na ação criminosa, foram subtraídos mais de R$ 50 mil em joias, quatro televisões, duas caixas de som, bicicleta, notebook, ventiladores, uma coleção de óculos escuros, oito relógios e R$ 3.200. 

A polícia informou que os dois homens presos já possuíam histórico de crimes patrimoniais, e foram encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.