Morte de policial

Suspeitos de matar policial morrem em confronto com a PM

Eles foram socorridos, mas não resistiram; polícia procura mais dois suspeitos do crime.

Imirante.com, com informações da Mirante AM

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h49

SÃO LUÍS – Dois dos quatro suspeitos de terem matando um policial militar, na tarde dessa quarta-feira (15), morreram em confronto com a polícia na tarde desta quinta-feira (16), no bairro da Iguaíba, no Paço do Lumiar, a informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio de nota.

Os suspeitos teriam reagido à abordagem policial, realizada pelo Grupo Tático Aéreo (GTA) e homens do Serviço de Inteligência da Polícia Militar.

Os homens chegaram a ser socorridos e levados à UPA do Araçagi, mas não resistiram e acabaram morrendo.

Os outros dois suspeitos de praticarem o crime, também, já foram identificados e estão sendo procurados pela polícia.

Entenda o crime

O policial militar, identificado como Fredson de Jesus Mendes, foi assassinado com quatro tiros no fim da tarde dessa quarta-feira (15), no bairro da Matinha, em São José de Ribamar.

O homicídio aconteceu próximo ao Cemitério da Matinha e ao Residencial Nova Terra, em São José de Ribamar. Segundo informações da Polícia Militar, quatro homens em um carro tentaram roubar a moto de um primo do PM, que reagiu à tentativa de assalto e acabou sendo atingido com vários tiros no tórax. Fredson era lotado no 6º Batalhão de Polícia Militar.

Ainda na noite dessa quarta, o coronel Sá divulgou uma nota lamentando a morte do policial e afirmou que a polícia só iria descansar quando prendesse todos os envolvidos.

Veja a nota da SSP na íntegra

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que foram identificados dois suspeitos da ação criminosa que resultou na morte do policial militar lotado no 6º BPM, Fredson de Jesus Mendes, na noite da última quarta-feira (15), na Matinha, região metropolitana de São Luís.

Durante a operação para prender os suspeitos, nas proximidades de Iguaíba, município de Paço de Lumiar, policiais militares e do Grupo Tático Aéreo (GTA) trocaram tiros com os dois homens, que acabaram baleados. Eles foram socorridos, encaminhados para o hospital, mas não resistiram e foram a óbito.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.