Homicídio

DJ é assassinado no Centro de Santa Rita, no Maranhão

A polícia investiga o caso e a vítima levou golpes de faca, pauladas e tijoladas.

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h39
DJ Radyton Gleidson Sena Silva, morto na cidade de Santa Rita.
DJ Radyton Gleidson Sena Silva, morto na cidade de Santa Rita. (Divulgação)

SANTA RITA - A polícia, até o começo da tarde desta segunda-feira (10) ainda não tinha efetuado a prisão dos suspeitos da morte do DJ Radyton Gleidson Sena Silva, de 28 anos. O crime ocorreu na madrugada de domingo (9), na área central do município de Santa Rita, a 81 km da capital.

O caso é investigado pela equipe da delegacia dessa cidade. De acordo com a polícia, a vítima tinha saído de um evento quando foi abordado por quatro homens, não identificados, e morto a golpes de faca, pauladas e tijoladas.

O corpo da vítima foi removido pelos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o hospital da cidade para ser autopsiado. O resultado do exame pericial será encaminhado para a Polícia Civil.

Ainda segundo a polícia, testemunhas serão ouvidas na delegacia no decorrer desta semana e as imagens de câmeras dos pontos comerciais dessa cidade vão ajudar no trabalho investigativo, principalmente, na identificação dos suspeitos.

Leia também:

Homicídio e tentativa de homicídio marcam o domingo em Imperatriz

Homem sofre tentativa de homicídio na cidade de Vargem Grande

Investigação

A Polícia Civil também está investigando o assassinato do vaqueiro José Manoel Martins Barros. Segundo a polícia, ele foi encontrado morto dentro de sua residência, localizada no bairro São Sebastião, na cidade de Cajapió, no domingo (9).

Os moradores disseram que chegaram a ouvir barulho de tiros durante a noite de sábado (8) na casa do vaqueiro. A Polícia está no aguardo do resultado de exames periciais feitos pelos peritos do Instituto de Criminalística (Icrim).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.