Repressão

Operação contra o tráfico de drogas prende dupla e apreende arma de fogo em Rosário

Policias civis e militares cumpriram mandados de busca e apreenderam drogas nessa terça durante a operação Heródoto.

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h42
Material apreendido na operação Heródoto. Foto: Divulgação/Polícia Civil.
Material apreendido na operação Heródoto. Foto: Divulgação/Polícia Civil.

ROSÁRIO - Dois suspeitos foram presos, na tarde dessa terça-feira (4), durante uma operação das polícias Civil e Militar que teve como objetivo reprimir o tráfico de drogas no município de Rosário.

Com o primeiro suspeito foi encontrada uma arma de fogo caseira, 13 papelotes de crack e nove de maconha. Com o segundo havia 63g de maconha e R$ 575. Além disso, na operação Heródoto, três celulares foram apreendidos para serem periciados.

Segundo informações policiais, os dois confessaram a posse das drogas. Na abordagem foi constatado que em uma das residências, um suspeito utilizava uma rede, que ficava no quintal da sua casa, para vender entorpecentes para consumidores próximo a um campo de futebol.

Rede encontrada em quintal era usada para venda de drogas. Foto: Divulgação/Polícia Civil.
Rede encontrada em quintal era usada para venda de drogas. Foto: Divulgação/Polícia Civil.

A operação contou com seis policiais civis da 1ª DR/Rosário e três policiais militares do GSA do 27º BPM. O nome da operação se deu em virtude do historiador grego Heródoto que anotou, em 450 a.C., que a Cannabis sativa, planta da maconha, já tinha utilização desde a Antiguidade.

As investigações devem continuar a cargo do 1º Distrito Policial de Rosário, para a identificação de mais envolvidos até o relatório final da apuração.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.