Justiça

Acusado de assassinato é condenado em Rosário

Divulgação/TJ-MA

- Atualizada em 27/03/2022 às 12h07

ROSÁRIO - A juíza Rosângela Prazeres Macieira, titular da Rosário, presidiu nesta quinta-feira mais uma sessão do Tribunal do Júri na comarca. O réu foi Edir Mendes Calvet. Ele estava sendo acusado de crime homicídio, praticado contra Fernando Belfort Ribeiro. O acusado foi considerado culpado e vai cumprir a pena de um ano e três meses, em regime domiciliar.

De acordo com informações do processo o crime ocorreu em agosto de 2009. Durante o julgamento, o conselho de sentença acolhendo a tese da defesa, entendeu que o réu Edir Mendes Calvet se excedeu culposamente nos limites da legitima defesa ao desferir uma facada na vitima Fernando Belfort Ribeiro.

De acordo com a denúncia, no dia do crime a vítima estava retornando de uma festa e, no caminho, encontrou Edir. Na ocasião, uma briga foi iniciada. Como havia deixado para trás seus dois companheiros, os menores André Victor dos Santos e Wellington Santos Marinho, a vítima Fernando retornou para onde estavam e os avisou de que havia brigado com o acusado, tendo estes decido ir logo para casa.

Quando a vítima e seus amigos estavam chegando em casa, o acusado surgiu, fazendo provocações. Fernando Belfort escondeu-se atrás de uma pitangueira para evitar um confronto. Entretanto, Edir Mendes correu em sua direção e, aproveitando-se do tropeço da vítima, desferiu-lhe uma facada pelas costas.

De acordo com a juíza estão previstas ainda mais seis sessões do Tribunal do Júri para este semestre, todos de réus soltos.

Para ler mais notícias do Imirante, clique em imirante.com. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.