Em Ribamar Fiquene

Homem é preso por estuprar e engravidar adolescente; mãe da vítima também foi presa

Segundo a Polícia Civil do Maranhão, a vítima está grávida de 7 meses, fruto dos abusos sofridos na cidade de Ribamar Fiquene.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil do Maranhão

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h01
Segundo o que foi apurado pela polícia, o relacionamento já durava quase dois anos, ou seja, a menina, no início do relacionamento, ainda era criança, com somente 11 anos de idade.
Segundo o que foi apurado pela polícia, o relacionamento já durava quase dois anos, ou seja, a menina, no início do relacionamento, ainda era criança, com somente 11 anos de idade. ( Foto: Reprodução )

RIBAMAR FIQUENE – Um homem e uma mulher foram presos em flagrante, nessa terça-feira (5), pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra uma adolescente de 13 de idade. A mulher presa é mãe da adolescente.

Segundo a Polícia Civil do Maranhão, a vítima está grávida de 7 meses, fruto dos abusos sofridos na cidade de Ribamar Fiquene.

De acordo com a 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, que preside a investigação, o Conselho Tutelar de Ribamar Fiquene acionou a polícia informando que uma adolescente de 13 anos de idade, grávida, estava convivendo como marido e mulher de um homem maior de idade em um ambiente insalubre.

O Grupo de Pronto Emprego (GPE) e o Conselho Tutelar se deslocaram até o endereço da adolescente, localizado no povoado Cabeceira Verde, distante 18 km da sede do município de Ribamar Fiquene.

Chegando ao local, foi constata a veracidade da denúncia, sendo realizada a prisão em flagrante do homem de 22 anos de idade e da mulher (mãe da adolescente), que consentiu que o homem tivesse um relacionamento amoroso com a adolescente, tendo ciência ainda da realização de atos sexuais que ocasionaram a gravidez da adolescente.

Segundo o que foi apurado pela polícia, o relacionamento já durava quase dois anos, ou seja, a menina, no início do relacionamento, ainda era criança, com somente 11 anos de idade.

Os conduzidos foram apresentados na Central de Flagrantes da Polícia Civil de Imperatriz para os procedimentos cabíveis.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.