Na Argentina

Brasileiro é preso após tentar atirar em Cristina Kirchner

Segundo o ministro da Segurança, Aníbal Fernández, o homem seria Fernando Andrés Sabag Montiel, um brasileiro de 35 anos.

Imirante.com

- Atualizada em 01/09/2022 às 23h12
A vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, sofreu uma tentativa de atentado.
A vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, sofreu uma tentativa de atentado. (Foto: Reprodução)

ARGENTINA - Na noite desta quinta-feira (1º) a vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, sofreu uma tentativa de atentado. O ataque ocorreu em frente à sua casa, em Buenos Aires onde um homem a abordou com uma arma de fogo, que teria falhado na hora do disparo, de acordo com imagens capturadas no local. 

Segundo o ministro da Segurança, Aníbal Fernández, o homem seria Fernando Andrés Sabag Montiel, um brasileiro de 35 anos. 

No momento da tentativa de assassinato, ele levanta a mão esquerda, que está com a arma, e tenta atirar. No vídeo, é possível ver que ele chega a engatilhar a pistola, que falha. A Polícia Federal argentina, que estava cuidando da segurança de Cristina, o deteve rapidamente.

De acordo com o Clarín, Fernando Sabag foi processado em março de 2021 por portar uma arma não convencional. Na ocasião, ele foi abordado por policiais por estar em um carro sem placa. Enquanto conversava com os agentes de segurança, uma faca de 35 centímetros caiu. O brasileiro afirmou que andava com o objeto, que foi apreendido, para defesa pessoal.

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.