Terrorismo

Polícia confirma nove mortes em tiroteio em shopping de Munique

Agentes verificam se um dos corpos encontrados é de um dos atiradores.

Agência Brasil

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h31
As autoridades policiais locais disponibilizaram um telefone de uma central de informações (0800 7766350).
As autoridades policiais locais disponibilizaram um telefone de uma central de informações (0800 7766350). (Foto: Lukas Schulze/Agência Lusa)

BRASÍLIA - O número de mortes em um shopping de Munique, na Alemanha, durante um tiroteio nesta sexta-feira (22) subiu para nove, segundo a polícia. Os agentes verificam se um dos corpos encontrados é de um dos atiradores.

As autoridades policiais locais disponibilizaram um telefone de uma central de informações (0800 7766350) e pedem que os cidadãos evitem áreas públicas, devido a relatos de violência e possíveis tiroteios ainda não confirmados no centro da cidade.

A rede social Facebook liberou o check in de segurança para Munique. Os usuários devem clicar no botão "Estou seguro" para que seus amigos e parentes saibam que eles não correm riscos.

O Ministério das Relações Exteriores divulgou números de telefone para os brasileiros que precisarem de ajuda em Munique, na Alemanha. De acordo com o Itamaraty, os telefones para comunicar emergência consular são: +55 61 98197-2284 para falar com diplomatas no Brasil, e +49 17 3378-3470, caso a ligação seja direcionada à Alemanha. Até as 15h40, o Itamaraty não tinha conhecimento de nenhum brasileiro entre as vítimas do ataque. No Twitter, o Itamaraty informou que o Consulado brasileiro em Munique acompanha os acontecimentos.

Segundo as autoridades de Munique, há muitos policiais nas ruas à procura dos possíveis suspeitos que fugiram do local após matarem as vítimas. Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra que o tiroteio começou em frente a uma unidade do McDonald's. Dezenas de tiros foram ouvidos.

Testemunhas contaram à polícia de Munique que "ao menos três homens armados" invadiram o Shopping OEZ antes do tiroteio. Segundo as autoridades locais, há uma busca por supostos foragidos.

"Perante a confusa situação, nós pedimos às pessoas na área metropolitana para ficar em casa e quem estiver próximo a prédios busque proteção ali”, diz em nota a polícia. Para evitar mais problemas, o transporte público foi suspenso e estações do metrô foram evacuadas e fechadas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.