Tráfico de drogas

Mulher suspeita de acondicionar drogas em preservativos e introduzi-los em seu órgão genital é presa por tráfico no Maranhão

A investigada foi presa no bairro, Guarani, em Miranda do Norte.

Imirante.com

- Atualizada em 30/07/2022 às 11h10
Material apreendido com a mulher.
Material apreendido com a mulher. (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

MIRANDA DO NORTE – Uma mulher, de 36 anos, foi presa pelo crime de tráfico de drogas, nessa sexta-feira (29), na cidade de Miranda do Norte, no interior do Maranhão. De acordo com a Polícia Civil, a investigada é suspeita de esconder drogas em preservativos, em seguida, introduzia os entorpecentes em sua genitália para posterior venda.

A operação policial que resultou na prisão da mulher, teve como objetivo cumprir um mandado de busca e apreensão, em um inquérito que investigava o crime de tráfico de drogas. A mulher foi presa no bairro Guarani, em Miranda do Norte.

A polícia informou que durante as buscas, foram apreendidas drogas, as quais estavam condicionadas dentro de um preservativo, no momento em que a mulher tentava introduzir o entorpecente em seu órgão genital. A suspeita confessou que traficava drogas há algum tempo.

Aos agentes da Polícia Civil, a mulher informou vinha de van buscar drogas em São Luís e contou que escondia os entorpecentes em preservativos e os introduzia em seu órgão genital, como forma de evitar uma possível prisão em flagrante caso houvesse alguma abordagem policial. Ao chegar em sua residência, em Miranda do Norte, ela fazia a venda de toda a droga a usuários da região.

Ainda segundo a polícia, as investigações apontam que a suspeita também cometia o crime de receptação de objetos roubados, os quais eram entregues a ela por viciados, como forma de pagamento pelas drogas.

Após ser autuada, a mulher foi encaminhada para o presídio da cidade de Itapecuru-Mirim e, em seguida, depois foi transferida para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.