Crime

No Maranhão, homem mata esposa a tiros e em seguida comete suicídio

De acordo com a Polícia Civil, o feminicídio foi motivado por uma suposta traição.

Imirante

- Atualizada em 24/01/2023 às 10h21
As investigações do caso já foram iniciadas.
As investigações do caso já foram iniciadas. (Foto: divulgação)

ITAPECURU-MIRIM - Na noite dessa sexta-feira (21), um homem identificado como Clenildo Cardoso Santos, matou a esposa a tiros e em seguida se suicidou no município de Itapecuru Mirim, região localizada a 118 km da capital maranhense. De acordo com a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), o feminicídio foi motivado por uma suposta traição.

A Polícia Civil também informou que o autor dos disparos era agente da Guarda Municipal. A vítima foi identificada como Lisiane Bezerra Lopes. 

Segundo informações, Clenildo teria se deparado com Lisiane na companhia de outro homem quando chegou em sua residência. Ao desconfiar de uma possível traição, ele disparou três vezes contra a esposa, que morreu no local do crime.

O revólver utilizado pelo homem foi recolhida pela polícia e o Instituto Médico Legal (IML) foi ao local do feminicídio e encaminhou o corpo de Lisiane para São Luís para continuar a investigação.

Até o momento, uma testemunha do caso já havia sido ouvida.



 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.