No interior do Maranhão

Menina de 12 anos morre após tomar chá de ervas, na zona rural de Joselândia

De acordo com a polícia, a vítima estava nas primeiras semanas de gravidez.

Imirante.com

- Atualizada em 25/11/2022 às 09h31
A mãe da menina e o suposto pai de santo foram foram presos e devem responder por homicídio culposo
A mãe da menina e o suposto pai de santo foram foram presos e devem responder por homicídio culposo (Foto: divulgação)

JOSELÂNDIA - Após passar por um ritual com ervas para provocar um aborto, uma menina de 12 anos morreu na manhã dessa quarta-feira (23), no povoado Tanque, na zona rural da cidade de Joselândia, no interior do Maranhão. 

De acordo com a polícia, a garota estaria nas primeiras semanas de gravidez e tomou um chá de ervas abortivas para provocar a expulsão do feto.

Após passar mal com o chá, a vítima foi levada para o Hospital Municipal de Joselândia, mas já chegou na unidade de saúde sem vida. A denúncia da causa da morte da menina foi feita pelos funcionários da unidade de saúde, que acionaram a polícia.

A mãe da menina foi conduzida à delegacia. A Polícia Civil do Maranhão segue investigando o caso e analisando a possibilidade do crime de estupro de vulnerável, tendo em vista que a vítima tinha apenas 12 anos de idade.

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.