Cerco policial

Operação de combate à violência contra o idoso registra mais de 100 procedimentos investigativos no Maranhão

A ação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e no Maranhão ficou sob a responsabilidade da Delegacia de Proteção ao Idoso.

Imirante.com

As ações da operação Vetus, no Maranhão.
As ações da operação Vetus, no Maranhão. (Foto: Divulgação)

MARANHÃO -  Cento e noventa denúncias, 37 medidas protetivas de urgência e 108 procedimentos investigativos como inquérito policial e termo circunstancial de ocorrência ocorreram durante a operação Vetus II, no Maranhão, que tem como objetivo de combater a violência contra o idoso. Este cerco policial, além do Maranhão, aconteceu nos outros estados do país e sendo coordenado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Leia também em: 

Idoso é morto em Porto Franco; principal suspeita é de latrocínio

Idoso é assassinado com golpe de faca em Imperatriz

No Maranhão, as ações da Vetus III foram realizadas pela equipe da Delegacia de Proteção ao Idoso. A delegada Igliana Freitas disse que esse trabalho começou no dia 22 do mês passado e encerrou no último dia 23, que foi considerado o “Dia D” da operação. 

Ela ainda declarou que esse trabalho foi planejado tendo em vista o alto número de denúncias de abuso contra o idoso pelo Disque 100 e do Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

No decorrer da operação, em todo o estado maranhense, os policiais apuraram 190 denúncias de violência contra a pessoa idosa, 108 procedimentos investigativos instaurados e a solicitação de 37 medidas cautelares e protetivas. “A operação teve um saldo extraordinário a nível estadual e nacional de uma ação singular que marca a história do combate a violência contra a pessoa idosa”, frisou a delegada.

Nacional 

A Vetus foi criada para reforçar o combate aos crimes de violência contra a pessoa idosa em todo o país, atingiu, em um mês, a marca de 16.911 vítimas atendidas, 258 vítimas resgatadas, 614 prisões e 48 menores apreendidos.

A ação chegou a 3.220 municípios nos 26 estados e no Distrito Federal. Este ano, cerca de 15,7 mil profissionais atuaram entre os meses de agosto e setembro em ações preventivas e repressivas, com a apuração de 12.139 denúncias e a realização de 24.245 diligências. Foram solicitadas 1.545 medidas protetivas de urgência, instaurados 3.700 inquéritos policiais e cumpridos 409 mandados judiciais.

A Operação Vetus é realizada anualmente desde 2020, em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Ministério Público e polícias Civil e Militar.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.